DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/02/2019

Livro de História em Libras é lançado na rede pública do Amazonas

A autora do livro é a professora da rede pública, Cristiane Alves

Livro de História em Libras é lançado na rede pública do Amazonas Autora Cristiane Alves ao lado do governador Wilson Lima e do secretário de Educação, Luiz Castro (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Com o objetivo de garantir a igualdade de condições aos alunos surdos matriculados na Rede Estadual de Ensino, a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc-AM) disponibiliza para os estudantes surdos o e-book de história em formato acessível. O material pode ser baixado gratuitamente em http://bit.ly/livroemlibras.

 

O material foi realizado em conjunto com o Centro de Mídias de Educação do Amazonas / Gerência de Mídias e Conteúdos Digitais (Cemeam/GEMCD), a Coordenação de Educação Especial (CEE) e a professora da rede Cristiane Alves, autora do livro. Ela contou que o ensino de História possui um vocabulário próprio (termos históricos) e que o aluno surdo se depara com a necessidade de sinais correspondentes em seu idioma à medida que se apropria desses conceitos.

 

“Foi assim que surgiu a necessidade da criação de um vocabulário em Língua Brasileira de Sinais (Libras) de termos históricos para os alunos da 6° e 7° série da Escola Augusto Carneiro, onde ministro aula. Ficou evidente a importância de elaborar um dicionário de termos históricos, contribuindo para que o processo de ensino-aprendizado ocorra de fato”, assinalou a professora, pós-graduada em Libras e docência em nível superior.

 

A iniciativa da professora marca também um pioneirismo da nova gestão no acesso a recursos inclusivos online. “O lançamento desse e-book é um primeiro passo que mostra o quanto temos possibilidades de trabalhar a inclusão dos nossos alunos com formação e informação de qualidade”, comenta o professor Raimundo Barradas, Secretário Executivo Adjunto Pedagógico.

 

Trabalho conjunto

O processo de pesquisa e produção dos recursos contou com um apoio especial dos alunos. Após a pesquisa, a elaboração dos sinais foi realizada pela autora com apoio dos alunos surdos, que participaram ainda das etapas de produção midiática com a gravação dos vídeos para o e-book. Ao todo, esse processo juntamente com a diagramação, revisão da obra, documentação legal e registro da obra na Biblioteca Nacional durou pouco mais de um ano.

 

O lançamento aconteceu na Abertura do Ano Letivo e contou com a presença do governador do Amazonas, Wilson Lima, o secretário da Seduc-AM, Luiz Castro, além dos demais secretários da pasta. “O sentimento é de gratidão por poder contribuir com a elaboração de um recurso específico pensado para estudantes surdos, mas que também atende estudantes ouvintes, valorizando o protagonismo do professor e dos alunos”, afirmou Sabrina Emanuela de Melo Araujo, Gerente de Mídias e Conteúdos Digitais.

Sobe Catracas

ENNIO CANDOTTI, diretor do Museu da Amazônia (Musa)

Professor receberá nesta quarta (21), na Aleam, o Título de Cidadão do Amazonas

Desce Catracas

WLADMIR COSTA, ex-deputado federal

MPF pede cancelamento da concessão de rádio, ligada à ele, acusada de promover o ex-deputado com transmissão irregular de comícios