DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/02/2019

SSP-AM abre inscrições para cursos de inclusão digital para idosos

Inscrições iniciam nesta segunda (11); cursos são gratuitos

SSP-AM abre inscrições para cursos de inclusão digital para idosos Inscriço~es são feitas presencialmente. Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A partir desta segunda-feira (11/2), a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) abre inscrições para o curso de inclusão digital para idosos. O curso é realizado pelo Departamento de Prevenção à Violência e está oferecendo 20 vagas para o módulo básico. As inscrições devem ser feitas presencialmente na Academia de Polícia (APM), no prédio do Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública (Iesp), na avenida Professor Nilton Lins, 3259, Bloco D, Parque das Laranjeiras, zona centro-sul.

 

As inscrições podem ser feitas das 8h às 14h até a quinta-feira (14/2). Para fazer a matrícula, o candidato deve ter mais de 50 anos, levar uma cópia do documento de RG, CPF, comprovante de escolaridade e residência, duas fotos 3X4 e uma cópia da carteira do SUS.

 

As aulas iniciam no dia 18 de fevereiro e ocorrerão segundas e quartas ou terças e quintas. No turno matutino, as aulas ocorrem das 9h às 11h. À tarde, das 15h às 17h. Haverá reforço todas as sextas-feiras. Os cursos serão divididos em módulos, com duração de um ano. As inscrições estão abertas para Informática Básica com Word e Excel.

 

O Projeto de Inclusão Digital para Idosos faz parte das ações do programa Previne, que completa 10 anos em junho de 2019. Nesse período, o programa já formou e certificou 2.720 idosos, proporcionando aos alunos desde o primeiro contato com o computador até a familiarização com a informática.

 

Segundo o chefe do Departamento de Prevenção à Violência da SSP-AM, capitão Diego Paiva, a maior missão do programa Previne é proporcionar a possibilidade dos idosos buscarem uma reinserção no mercado de trabalho. “A inclusão digital abre diversas oportunidades. Muitos idosos não conhecem e não sabem manusear o computador, mas têm muito interesse. Despertam talentos desconhecidos e ficam aptos a ocuparem postos de trabalho por conta dessa qualificação”, ressalta.

 

Além das aulas de informática, a formação também oferece palestras e atividades relacionadas à valorização social e cuidados com a saúde, palestras sobre INSS, atividades como ginástica laboral, passeios e excursões, o que representa oportunidade destes idosos voltarem a interagir socialmente.

Sobe Catracas

ENNIO CANDOTTI, diretor do Museu da Amazônia (Musa)

Professor receberá nesta quarta (21), na Aleam, o Título de Cidadão do Amazonas

Desce Catracas

WLADMIR COSTA, ex-deputado federal

MPF pede cancelamento da concessão de rádio, ligada à ele, acusada de promover o ex-deputado com transmissão irregular de comícios