DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/02/2019

Temporal no Rio de Janeiro deixa três mortos e provoca alagamentos

A prefeitura decretou estágio de crise; foram registrados ventos de até 110 km/h.

Temporal no Rio de Janeiro deixa três mortos e provoca alagamentos e luto oficial de três dias. Fernando Frazão/Agencia Brasil

prefeitura do Rio de Janeiro informou que três pessoas morreram durante o temporal que atingiu a capital na noite desta quarta-feira (6). Uma das vítimas mora na Rocinha, na Zona Sul do Rio, e outras duas em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste. O prefeito Marcelo Crivella decretou luto oficial de três dias.

 

Por volta das de 22h, a prefeitura decretou estágio de crise e recomendou que cariocas não saíssem de casa. De acordo com o G1, alertas sonoros foram acionados em áreas de risco nas comunidades da Rocinha e Sítio Pai João.

 

Notícias ao Minuto(Reprodução / TV Globo)

 

O Corpo de Bombeiros informou que houve deslizamentos em ao menos três pontos da cidade: Rocinha, Inhaúma e Pedra de Guaratiba.

 

Em Copacabana, na Zona Sul do Rio, foram registrados ventos de até 110 km/h. A ventania derrubou também cabos que sustentavam o teleférico do Alemão, localizado na Zona Norte. // NOTÍCIAS AO INUTO

Sobe Catracas

SIDNEY COELHO, ex-presidente da CGL

TCE aprovou as contas dele referentes a 2017, quando esteve à frente da Comissão Geral de Licitação (CGL) no Amazonas

Desce Catracas

LUIZ CASTRO, secretário de Educação do AM

Fez dispensa de licitação de R$ 32 milhões da merenda escolar e presidente do TCE mandou cancelar certame