DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/01/2019

Boi Garantido requer destituição da Comissão Julgadora do Festival de Parintins

O bumbá solicita melhor definição de metodologia e critérios de escolha dos jurados

Boi Garantido requer destituição da Comissão Julgadora do Festival de Parintins Presidente do Garantido, Fábio Cardoso (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - O Boi Garantido protocolou nesta terça-feira (15/01), em documento direcionado ao prefeito de Parintins, Bi Garcia, a destituição da atual Comissão do Festival Folclórico 2019. Uma reunião para a constituição de uma nova comissão também foi pedida. A Comissão é presidida pelo secretário de Administração da Prefeitura, Harald Dinelly, ex-fiscal do Caprichoso e sócio do bumbá e pela secretária de Turismo, Karla Viana, também de família do boi azul e branco. 

 

O documento assinado pelo presidente Fábio Cardoso afirma que o objetivo é a busca da "isonomia do processo de escolha de jurados e julgamento do festival, primando por sua credibilidade".

 

O Bumbá vermelho e branco solicita melhor definição de metodologia e critérios de escolha dos jurados e Formato da comissão julgadora.

 

SAIBA MAIS __________

O artigo 45 do Regulamento do Festival de Parintins diz o seguinte: Este Regulamento entrará em vigor após a sua aprovação e publicação no Diário Oficial do Estado. O mesmo terá validade até 31 de julho de 2021, podendo ser prorrogado ou revisto. 

____________________

 

Também no ofício direcionado ao prefeito de Parintins, há a solicitação para que aconteça a reunião no prazo de 20 dias.

 

Segundo Fábio Cardoso o Festival de Parintins tem passado por mudanças importantes e é fundamental que a Comissão do Festival tenha isonomia comprovada com membros sem vínculo com alguma das agremiações envolvidas na festa. "Não é interessante para a confiabilidade do evento, para a credibilidade do Festival, que pessoas historicamente ligadas ao contrário ou ao Garantido estejam nesta Comissão", destacou.

 

VEJA O DOCUMENTO

Sobe Catracas

ALFREDO MENEZES, coronel reformado do Exército

Assumiu a superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), nomeado pelo presidente Bolsonaro

Desce Catracas

DOCA ALBUQUERQUE, prefeito de Terra Santa

Justiça Eleitoral cassou (primeira instância) mandato dele de prefeito por abuso de poder econômico nas Eleições de 2016