DeAmazônia

MENU
Atualizado em 14/01/2019

MP/AM investiga empresário que diz ser dono das cachoeiras em Figueiredo

CRIME AMBIENTAL |

MP/AM investiga empresário que diz ser dono das cachoeiras em Figueiredo Entrada de uma das principais cachoeiras de Presidente Figueiredo, a do Urubuí (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA PRESIDENTE FIGUEIREDO, AM - O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) e o Ministério Público Federal (MPF/AM) investigam denúncia de um crime ambiental, praticado em uma cachoeira, em um sítio no município de Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus), na rodovia AM 240, estrada de Balbina, km 60. A acusação é do advogado Mithan Vasconcelos Corrêa, dono de um imóvel na Vila de Balbina. Segundo Mithan, o proprietário do terreno estaria desviando o curso de uma cachoeira para uma piscina, de uma obra particular, além de ter desmatado uma enorme área florestal.

 

O advogado formalizou a denúncia ao MP e MPF no dia 18 de dezembro do ano passado. Segundo os órgãos, já foram abertas as investigações sobre o caso. As informações são da TV Em Tempo. 

 

Conforme a reportagem da TV Em Tempo, no sítio, foi montado um muro de pedra com arame, em uma parte da queda d'água da cachoeira, para formar uma piscina.

 

Ainda de acordo com o denunciante, no terreno não há placas de licença ambiental, ou o nome dos responsáveis pela obra. Além disso, o advogado conta que foi observada uma grande quantidade da madeira, derrubada para desmatar o local, pronta para comercialização. Ele alerta que a prática se trata de crime federal.

 

O proprietário do terreno se chama Deusimar Maia da Silva. Ele é irmão do empresário Osimar Maia da Silva, o “Trouxa”, dono da construtora CDC Empreendimentos, que firmou vários contratos com o ex-governador Amazonino Mendes, em sua última gestão, com dispensa de licitação.

 

Segundo relatou o advogado Mithan, moradores vizinhos do local contam que o terreno sempre é visitado por Amazonino. "Lá no terreno eu ouvi das pessoas que o proprietário é um político forte e influente", afirma o advogado.

 

O dono do imóvel, Deusimar, alega que o desmatamento foi feito para criação e gados e afirma que possui licença ambiental.

Sobe Catracas

CAROL ALVES, fisiculturista

Atleta amazonense conquistou 4º lugar no Campeonato Internacional de Fisiculturismo Toronto Pro Show, no Canadá

Desce Catracas

NIVALDO AQUINO, presidente da Câmara de Óbidos (PA)

Ele e outro vereador foram denunciados no MPPA por serem os mandantes de perfuração de poços clandestinos, sem licença ambiental