DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/01/2019

Polícia prende cinco homens que pretendiam assaltar casa lotérica, em Borba

Com os acusados foram encontrados dois revólveres calibre 32 e 38

Polícia prende cinco homens que pretendiam assaltar casa lotérica, em Borba Grupo de cinco homens preso em Borba (Fotos: Erlon Rodrigues)

DEAMAZÔNIA BORBA, AM - A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (Derfd), prendeu, em flagrante, nesta quinta-feira (10/01) por volta de 11h30, cinco homens por tentativa de assalto, em uma casa lotérica, no município de Borba (a 150 quilômetros de Manaus). Com os acusados foram encontrados dois revólveres calibre 32 e 38, com munições intactas.

 

A operação foi comandada pelos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, titular e adjunto, respectivamente, da Derfd.

 

Queiroz contou que, após as prisões, os cinco infratores confessaram que pretendiam roubar R$ 150 mil da casa lotérica.

 

Foram presos Gervásio Correia Lima Junior, 28, conhecido como “Junior”, apontado como líder do bando; Josiel Marques da Silva, 23; Keverson Pereira da Costa, 20; Kevin Pereira da Costa, 25, e Ronaldo Lindoso Aniseto, 20.

 

Materiais apreendidos 

Na primeira abordagem, que resultou nas prisões dos quatro infratores, foram encontradas em posse deles duas armas de fogo, com as numerações suprimidas, sendo um revólver calibre 32, com quatro munições intactas, e um revólver calibre 38, com três munições não deflagradas.

 

 

Em seguida, os policiais se deslocaram até à casa onde Gervásio estava e realizaram a prisão dele. No lugar foram encontradas mais três munições de calibre 38 intactas.

 

Investigação

De acordo com o delegado Guilherme Torres, titular da Derfd, as diligências em torno do caso foram iniciadas após a equipe de investigação da especializada tomar conhecimento de que uma organização criminosa envolvida em roubos ocorridos na capital teria saído de Manaus no dia 6 de janeiro deste ano com destino a Borba, onde pretendia roubar uma casa lotérica.

 

Conforme Torres, as equipes da Derfd, com o apoio de  policiais civis lotados na Delegacia Fluvial (Deflu), deslocaram-se até Borba, onde avistaram Josiel, Keverson, Kevin e Ronaldo em atitude suspeita.

 

Dois deles estavam em uma motocicleta e um terceiro homem sozinho, em uma outra moto, aguardando o comparsa, que estava saindo de uma casa, nas proximidades da casa lotérica que seria alvo da ação criminosa.

 

“Os indivíduos sabiam que haveria o recebimento de uma quantia significativa de dinheiro na casa lotérica e, antes que eles chegassem ao local, as equipes realizaram a interceptação desses elementos. Instauramos um Inquérito Policial (IP) em torno do caso com o intuito de aprofundarmos a investigação e averiguarmos a participação de outras pessoas no grupo criminoso”, explicou Guilherme Torres.

 

Diligências 

O delegado Demetrius Queiroz destacou que as equipes policiais realizaram em três dias de campana o levantamento do local onde o grupo estava.

 

“Inicialmente, eles estavam escondidos em um sítio. Dois dias depois, eles foram para uma casa bem próxima à casa lotérica, em Borba. As equipes se anteciparam à ação dos infratores, até para preservar a integridade física dos clientes e funcionários da lotérica, bem como dos policiais, evitando qualquer tipo de confronto”, informou.

 

Queiroz explicou que, após as prisões, os cinco infratores confessaram que pretendiam roubar R$ 150 mil da casa lotérica.

 

O adjunto da Derfd disse, ainda, que o líder do grupo seria “Junior”. O infrator tem passagem pela polícia por tráfico de drogas. “Tudo indica que Gervásio estava com dívidas relacionadas ao tráfico de drogas. Então, ele cooptou os comparsas para efetuar o roubo em Borba, com o intuito de pagar essa dívida”, disse o delegado adjunto da Derfd.  

  

Flagrante

Gervásio, Josiel, Keverson, Kevin e Ronaldo foram autuados em flagrante por roubo majorado tentado, organização criminosa e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

 

Ao término dos procedimentos cabíveis na Derfd, o bando será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

Sobe Catracas

GEORGE LINS, médico amazonense

Urologista é o primeiro do Amazonas a receber certificado internacional em cirurgia robótica, em Bogotá, Colômbia

Desce Catracas

WILSON LEITE, presidente da Câmara de Canaã (PA)

Foi denunciado pelo MP/Pará por suposta contratação de 'funcionários fantasmas' na área da saúde