DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/01/2019

Conmebol proíbe bandeirões nos estádios nas competições deste ano

Entidade listou vários objetos que serão proibidos em estádios em 2019

Conmebol proíbe bandeirões nos estádios nas competições deste ano Veto consta na nova edição do Regulamento de Segurança da entidade. Bruno Domingos / Reuters

Apartir deste ano, bandeiras e bandeirões com mais de 1,5m de comprimento e 1m de largura estão proibidos nos estádios, durante os jogos promovidos pela Conmebol. O veto consta na nova edição do Regulamento de Segurança da entidade, que rege todas as competições promovidas por ela.

 
 

No ano passado, eram 18 itens proibidos. Este número, o número subiu para 21, após episódios violentos dentro de campo, a exemplo das finais da Copa Sul-Americana de 2017, entre Flamengo e Independiente, no Rio de Janeiro, e da Libertadores de 2018, entre River Plate e Boca Juniors.

 

 

O documento foi divulgado pela Conmebol ainda em dezembro e tem causado polêmica entre os torcedores e dirigentes. Nele também consta a determinação de que, a partir de 2021, todos os ingressos sejam vendidos na internet e os lugares sejam marcados e com assentos.

 

Confira os outros itens que serão proibidos em estádios em 2019:

  • Qualquer objeto que converta-se em um material cortante e
  • Mastros para bandeiras
  • Rolos de papel
  • Apitos
  • Extintores de fumaça coloridos
  • Bombas de fumaça
  • Líquidos e sólidos engarrafados em vidro, lata, plástico ou etc.
  • Armas de fogo
  • Armas brancas
  • Bebidas alcoólicas
  • Jogos pirotécnicos
  • Bombas de estouro
  • Iluminação a laser
  • Guarda-chuvas e sombrinhas
  • Objetos acionados com gás, hélio ou outras substâncias
  • Qualquer tipo de objeto içado através de sistemas aéreos
  • Qualquer elemento que a gestão de segurança considerar perigoso // NOTÍCIAS AO MINUTO

Sobe Catracas

DANIELY CASTILHO, fisiculturista amazonense

Após ficar no Top 3 do Ms. Olympia, maior show de fisiculturismo do mundo, concorre ao título de 'Melhor competidora profissional do ano'

Sobe Catracas

MIKAIL IWANON, jogador de xadrez

Amazonense é o único representante do Norte no Campeonato Nacional de Xadrez, no Rio Grande do Norte

Desce Catracas

ONYX LORENZONI, ministro da Casa Civil

Comparou o risco que crianças correm, ao pais terem uma arma de fogo em casa, ao de ter um liquidificador

Desce Catracas

JOAQUIM CORADO, prefeito de Amaturá

Apesar de constatar irregulariades na aplicação de recursos de convênios em gestão passada não sabe se vai denunciar ex-prefeito

BASTIDORES