DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/01/2019

Detentas da Penitenciária Feminina de Manaus participam do Projeto de Costura e Corte

Além de capacitar, o novo projeto dá a oportunidade de remição da pena

Detentas da Penitenciária Feminina de Manaus participam do Projeto de Costura e Corte As máquinas de costura são fornecidas, em parceria, pela Pastoral Carcerária (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou, na manhã desta quinta- feira (10/01), a primeira etapa do projeto "Costurando a Liberdade” na Penitenciária Feminina de Manaus (PFM).

 

O objetivo do projeto é gerar capacitação para as internas na produção de cortes, costuras e confecções de roupas íntimas, estimulando o trabalho e geração de renda. 

 

Inicialmente, oito internas participam do projeto. As máquinas de costura são fornecidas, em parceria, pela Pastoral Carcerária, que disponibiliza instrutores capacitados que estimulam a linha de produção, visto que, por ser um projeto autossustentável, o valor arrecadado na venda das peças vai para a compra dos materiais necessários. 

 

O projeto visa sua expansão conforme sua própria demanda, incluindo o número de apenadas. A seleção das participantes é avaliada a partir do comportamento delas na unidade prisional e do bom convívio com as demais internas e agentes colaboradores. 

 

Remição de Pena

Além de capacitar as detentas para o trabalho de corte e costura, o novo projeto proporciona todos os conhecimentos necessários e dá a oportunidade de remição da pena, pois a cada três dias trabalhados é menos um dia no cumprimento da mesma. 

 

É de extrema importância também após o recebimento do alvará de soltura, pois as atividades realizadas contribuem para a melhoria das internas na aproximação com o cotidiano. O programa garante a inserção delas no projeto “Reintegrar Banco do Povo", onde poderão aproveitar o conhecimento adquirido para ter acesso ao Microcrédito da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (AFEAM) e ao Empreendedorismo. 

 

O desenvolvimento desse projeto tem a intenção de suavizar os impactos negativos causados nas apenadas, proporcionando a oportunidade de ressocialização após seu retorno ao convívio em sociedade. 

Sobe Catracas

DANIELY CASTILHO, fisiculturista amazonense

Após ficar no Top 3 do Ms. Olympia, maior show de fisiculturismo do mundo, concorre ao título de 'Melhor competidora profissional do ano'

Sobe Catracas

MIKAIL IWANON, jogador de xadrez

Amazonense é o único representante do Norte no Campeonato Nacional de Xadrez, no Rio Grande do Norte

Desce Catracas

ONYX LORENZONI, ministro da Casa Civil

Comparou o risco que crianças correm, ao pais terem uma arma de fogo em casa, ao de ter um liquidificador

Desce Catracas

JOAQUIM CORADO, prefeito de Amaturá

Apesar de constatar irregulariades na aplicação de recursos de convênios em gestão passada não sabe se vai denunciar ex-prefeito

BASTIDORES