DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/01/2019

PF aprende 827 kg de drogas em barco no rio Solimões, em Manacapuru

De acordo a Polícia Federal, a embarcação vinha da Colômbia e tinha como destino Manaus

PF aprende 827 kg de drogas em barco no rio Solimões, em Manacapuru Foram apreendidos 827 kilos de entorpecentes tipo “Skunk”. (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A Polícia Federal apreendeu na manhã desta terça-feira (8), por volta das 7h, em frente ao município de Manacapuru (distante 84 quilômetros de Manaus), uma embarcação do tipo empurrador que transportava 827 kg de entorpecentes tipo “Skunk”, a droga estava dentro do tanque de combustível do barco.

 

Para fazer a retirada dos entorpecentes foi necessária a ajuda do Corpo de Bombeiros.

 

De acordo com a Polícia Federa, a embarcação com o nome ‘Santo Sacramento’ é do Alto Rio Solimões e foi levada para o Núcleo de Polícia Marítima da Polícia Federal (Nepom).

 

Na ação foram presos três tripulantes da embarcação, identificados como Gilmar Teixeira, Mário Alves de Moraes e Valdir de Souza.

 

A operação foi realizada pela Superintendência da Polícia Federal no Amazonas, com o apoio da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP).

 

A droga é procedente da Colômbia e a Polícia Federal ainda seguirá realizando diligências a fim de saber seus fornecedores e respectivos destinatários.

 

Mais informações sobre a apreensão da droga e as investigações da Polícia Federal serão divulgadas por meio de nota do órgão.

Sobe Catracas

DANIELY CASTILHO, fisiculturista amazonense

Após ficar no Top 3 do Ms. Olympia, maior show de fisiculturismo do mundo, concorre ao título de 'Melhor competidora profissional do ano'

Sobe Catracas

MIKAIL IWANON, jogador de xadrez

Amazonense é o único representante do Norte no Campeonato Nacional de Xadrez, no Rio Grande do Norte

Desce Catracas

ONYX LORENZONI, ministro da Casa Civil

Comparou o risco que crianças correm, ao pais terem uma arma de fogo em casa, ao de ter um liquidificador

Desce Catracas

JOAQUIM CORADO, prefeito de Amaturá

Apesar de constatar irregulariades na aplicação de recursos de convênios em gestão passada não sabe se vai denunciar ex-prefeito

BASTIDORES