DeAmazônia

MENU
Atualizado em 04/01/2019

Ex-governador doou terreno para Associação de Oficiais da PM, sem votação da ALE/AM

Projeto foi retirado de pauta pelos deputados, mas, misteriosamente, foi transformado em Lei e sancionado

Ex-governador doou terreno para Associação de Oficiais da PM, sem votação da ALE/AM Sede da Aleam

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O ex-governador Amazonino Mendes (PDT), sancionou, antes de deixar o cargo, Lei 4.731, que autoriza o Poder Executivo a doar um terreno, localizado na avenida André Araújo, Aleixo, numa área de 39.169,24 metros quadrados, para a Associação dos Oficias da Polícia Militar e Bombeiros Militar do Amazonas. A concessão do uso do imóvel ocorreu sem a autorização da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), apurou o Portal DeAMAZÔNIA.

 

O projeto lei que tratava da doação do terreno, para a entidade, foi retirado de pauta pelos deputados estaduais na sessão do dia 21 de dezembro de 2018.

 

Porém, misteriosamente, o dito projeto aparece transformado em lei e sancionado pelo ex-governador, no dia 27 de dezembro, do ano passado, conforme publicado no Diário Oficial.

 

O projeto de doação do terreno para entidade dos oficiais da PM e dos Bombeiros tramita na Assembleia Legislativa do Amazonas desde o dia 9 de Setembro de 2016.

 

 

 Lei sancionada pelo ex governador Amazonino que doa terreno para a Associação dos Oficiais da PM 

 

 Consulta na Aleam que informar que o projeto lei foi retirado de pauta no dia 21 de dezembro

 

CONTATO COM A COLUNA BASTIDORES

(92) 99229 8831 - WhatsApp

[email protected]

DEAMAZONIA.COM.BR

 

Sobe Catracas

DANIELY CASTILHO, fisiculturista amazonense

Após ficar no Top 3 do Ms. Olympia, maior show de fisiculturismo do mundo, concorre ao título de 'Melhor competidora profissional do ano'

Sobe Catracas

MIKAIL IWANON, jogador de xadrez

Amazonense é o único representante do Norte no Campeonato Nacional de Xadrez, no Rio Grande do Norte

Desce Catracas

ONYX LORENZONI, ministro da Casa Civil

Comparou o risco que crianças correm, ao pais terem uma arma de fogo em casa, ao de ter um liquidificador

Desce Catracas

JOAQUIM CORADO, prefeito de Amaturá

Apesar de constatar irregulariades na aplicação de recursos de convênios em gestão passada não sabe se vai denunciar ex-prefeito

BASTIDORES