DeAmazônia

MENU
Atualizado em 31/12/2018

ARTIGO DE JOSÉ RICARDO #Lula: Um 2019 de lutas!

ARTIGO DE JOSÉ RICARDO #Lula: Um 2019 de lutas!

O presidente Lula é um preso político. Passou o Natal numa cela da Polícia Federal em Curitiba, acusado e condenado sem provas por um crime que não cometeu. Pura perseguição à maior liderança política que surgiu na América Latina nos últimos 30 anos.

 

Uma injustiça contra um presidente que ousou enfrentar a pobreza e a desigualdade no Brasil. Durante 502 anos a elite e os mais ricos do país exploraram o povo. Milhões de indígenas pereceram. Foram 350 anos de escravidão negra e uma libertação sem direito à educação e à terra para morar e trabalhar. Retirada de direitos trabalhistas conquistados com muita luta.

 

Lula saiu da pobreza do Nordeste. Lutou com a família para sobreviver em São Paulo. Entrou na luta pelos direitos dos trabalhadores da cidade, fundando um partido que representasse o interesse dos mais necessitados. Com coragem e perseverança, por quatro vezes foi candidato a presidente do país, ganhou e foi reeleito. Ajudou a eleger por duas vezes Dilma Rousseff, primeira mulher presidenta do Brasil.

 

Os dois Governos de Lula e o primeiro de Dilma foram os melhores da história do Brasil. Crescimento econômico, inclusão social, maior nível de emprego, minha Casa Minha Vida e milhões de habitações para aos mais pobres, 36 milhões de brasileiros saíram da miséria, o Brasil saiu do mapa da fome da Organização das Nações Unidas (ONU), milhões de famílias com energia elétrica devido o programa Luz Para Todos e alimentação com o Bolsa Família. Nunca se investiu tanto na educação como os governos do PT fizeram. Foram 7 milhões de universitários, milhões de jovens nas escolas técnicas e recursos do Fundeb para os professores.

 

No Amazonas não foi diferente. Lula foi o presidente que mais visitou o estado. Período de intensas obras: Ponte do Rio Negro, Arena da Amazônia, ampliação do aeroporto, portos construídos em todos os municípios, milhares de casas, Luz Para Todos no interior, milhares de famílias com Bolsa Família, ampliação do IFAM de 03 para 16 unidades, ampliação da UFAM e do número de vagas nas faculdades. Também foi Lula que prorrogou por 10 anos os incentivos da Zona Franca de Manaus, garantindo os empregos do Distrito Industrial. Dilma prorrogou por mais 50 anos.

 

Lula recebeu o título de Honoris Causa concedido por universidades de dezenas de países do mundo. Foi recebido pelos principais líderes mundiais. O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que Lula era o “cara”. Lula levou o país a ser respeitado. Abriu o comércio e relações com países da América do Sul e da África. Incluiu o Brasil no Brics, organização mundial que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Ampliou as exportações e a construção naval e ampliou a Petrobras.

 

Tudo isso incomodou a elite do país que nunca aceitou que Lula fizesse tanto pelo país. Após o golpe de 2016, quando tiraram a Dilma da presidência, sem ela ter cometido crime nenhum, o grupo golpistas (parlamentares, parte de Justiça e do MP, a grande mídia e os grandes empresários) trabalharam para impedir que Lula fosse candidato à presidência. As pesquisas mostravam que ele ganharia no primeiro turno. Forjaram uma mentira e o condenaram sem provas. O juiz Sérgio Moro, que condenou sem provas, ganhou como presente o cargo de ministro da justiça de Bolsonaro, que só ganhou porque Lula não foi candidato.

 

Lula não pode passar o Natal com sua família. Negaram a um homem de 73 anos, condenado injustamente, o direito de passar a noite mais especial do ano, o nascimento de Jesus, com seus entes queridos.

 

Mas Lula não estava só. No lado de fora da cela, em Curitiba, milhares de pessoas estavam de vigília rezando, cantando, manifestando em prol de Lula e denunciando a perseguição. Pessoas vindo de todos os estados do país, professores, jovens, estudantes, militantes sociais, lideranças políticas, trabalhadores rurais, catadores, pessoas do povo presente todos os dias.

 

A Vigília Lula Livre completou nesse dia 25 de dezembro, 263 dias de resistência. É o Comitê Popular em defesa de Lula e da Democracia. Lideranças políticas e religiosas do Brasil e do mundo já visitaram a Vigília e o Lula. Todo dia tem um Bom dia Lula, Boa Trade Lula e Boa Noite Lula. Nenhum outro líder político tem esse carinho e respeito do povo.

 

E Lula mandou uma mensagem para todos da vigília e para todos do Brasil: “O Natal é a época do ano em que lembramos com mais força da vinda de Jesus, dos ideais de solidariedade e bondade cristã. Nos aproximamos da família e dos amigos, celebramos juntos, nos abraçamos e reunirmos força para o ano seguinte… Sigamos fortes. O ódio pode estar na moda, mas não temam nem se impressionem com essas pessoas posando de valentões. O tempo deles vai passar e a verdadeira mensagem de Jesus, um marceneiro, que foi perseguido pelos vendilhões do templo, pelos soldados e pelos promotores dos poderosos vai continuar a ecoar em cada Natal: uma mensagem de amor, fraternidade e esperança. A luta por um melhor continua”.

 

Valeu Lula! Em 2019 a campanha Lula Livre vai continuar.

 

*O autor é deputado federal*

Sobe Catracas

CAROL ALVES, fisiculturista

Atleta amazonense conquistou 4º lugar no Campeonato Internacional de Fisiculturismo Toronto Pro Show, no Canadá

Desce Catracas

NIVALDO AQUINO, presidente da Câmara de Óbidos (PA)

Ele e outro vereador foram denunciados no MPPA por serem os mandantes de perfuração de poços clandestinos, sem licença ambiental