DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/12/2018

Prefeitura de Manaus paga segunda parcela do 13º nesta sexta (7)

Com o pagamento, Prefeitura injeta mais R$ 45 milhões na economia local

Prefeitura de Manaus paga segunda parcela do 13º nesta sexta (7) Pela legislação trabalhista, o pagamento do 13º pode ser efetuado até 20 de dezembro. Foto: Divulgação

DEAMAZÔNIA MAMAUS, AM - Como já havia anunciado o prefeito Arthur Virgílio Neto, nesta sexta-feira, 7/12, os mais de 33 mil servidores públicos ativos do município recebem a segunda parcela do 13º salário, uma injeção de mais R$ 45 milhões na economia local. No dia 26/11, os quase 7 mil servidores inativos já haviam recebido a segunda parcela, juntamente com o salário de novembro.

 

“Não é mais uma novidade, mas uma marca da nossa gestão. Sempre antecipamos o 13º, com a primeira metade em junho e a segunda em dezembro. Isso é fruto da nossa organização financeira, de uma cidade que é referência em saúde fiscal e, assim, garantimos que não haja insegurança quanto ao pagamento dos nossos servidores”, avaliou o prefeito Arthur Neto.

 

Pela legislação trabalhista, o pagamento do 13º pode ser efetuado até 20 de dezembro. Nesta segunda parcela, incidem os descontos com Imposto de Renda e encargos sociais do Fundo Previdenciário. “Com esses pagamentos, os servidores vão poder pagar dívidas e fazer as compras de fim de ano obtendo descontos. Isso mostra que Manaus segue trilhando o caminho da boa saúde fiscal, melhorando a ambiência de negócios na cidade”, destacou o secretário municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Lourival Praia.

 

A Prefeitura de Manaus também já havia programado o pagamento antecipado do salário de dezembro, que será depositado nas contas dos servidores entre os dias 19 e 21, somando mais R$ 100 milhões. Com isso, um total de R$ 145 milhões ajudará a aquecer o comércio local neste período natalino.

 

Para a servidora do Fundo Manaus Solidária, Suelem Santos, 34, o dinheiro já tem destino certo. “Como houve o adiantamento e foi de suma importância, vou garantir a rematrícula na escola da minha filha e entrar em 2019 tranquila”, comentou. O mesmo acontece com o servidor do Casa Civil, Luiz Felipe Vieira, 21, que planejou uma viagem. “Eu programei minhas férias neste final de ano e vou usar esse dinheiro para me divertir”, comemorou.

 

Outros funcionários tem uma visão mais econômica, como é o caso de dois servidores da Semef. A jovem Samantha Pereira, 24, vai dividir o valor da segunda parcela do décimo em duas partes. “A primeira eu vou poupar, investir na poupança, e a segunda vou pagar dívidas para entrar o novo ano com todos os débitos quitados”, disse. Já Ricardo Brito, 43, com suas contas pagas, vai investir todo o dinheiro. “Tenho todas minhas contas quitadas, então vou aproveitar e investir em ações de bancos e fazer render mais”, comentou.

 

Dívidas

Segundo pesquisa divulgada, em novembro, pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), o pagamento de dívidas com o 13º salário é prioridade para os manauaras. O estudo aponta que, pelas incertezas quanto à economia, a maioria dos consumidores pretende pagar dívidas já contraídas, no entanto, há quem priorize a compra de vestuários e calçados para as festas de fim de ano.

Sobe Catracas

LUPERCINO DE SÁ, desembargador

Foi homenageado pela Aleam com a Medalha da Ordem do Mérito Legislativo

Sobe Catracas

SÉRGIO FONTES, delegado da Polícia Federal

Recebeu diploma de "Cidadão Benemérito" pela Câmara Municipal de Manaus

Desce Catracas

ANTÔNIO ROCHA, presidente da Câmara de Santarém

Foi denunciado pelo MPPA na operação Perfuga por crime de peculato e afastado do cargo de presidente da CMS

Desce Catracas

HÉLIO BESSA, ex-prefeito de Tefé

Foi condenado a devolver 2,5 milhões aos cofres públicos por irregularidades em convênios com o Governo do Estado

BASTIDORES