DeAmazônia

MENU
Atualizado em 30/11/2018

Saiba quem é Mc Mirella, a funkeira que bomba na internet e coleciona polêmicas

Feminista assumida, MC Mirella defende a liberdade sexual das mulheres

Saiba quem é Mc Mirella, a funkeira que bomba na internet e coleciona polêmicas MC Mirella. (Foto: Reprodução)

Com quase sete milhões de seguidores só no Instagram, MC Mirella é uma das funkeiras mais famosas do cenário atual do ritmo. Mais conhecida em São Paulo por sua música, a morena é um fenômeno das redes sociais: em apenas uma semana ela atingiu a marca de três milhões de visualizações do seu clipe "Mulherão", postado no Youtube. Entre seus maiores sucessos está “Te Amo Piranha”, em parceria com MC Bella que, desde o lançamento, em outubro de 2017, já foi assistido por mais de 58 milhões de pessoas.

 

Feminista assumida, MC Mirella defende a liberdade sexual das mulheres.A funkeira já brigou pelas redes sociais com a socialite Day McCarthy, a mesma que fez ataques racistas a Titi, filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. Recentemente, a cantora teve um término conturbado com o também cantor de funk Dynho Alves. Alguns fãs do casal levantaram a possibilidade de traição, o que ela nega. Uma semana depois da separação, a gata postou no Instagram stories que recebeu flores de um admirador, e os seguidores apontaram que seria de MC Lan.

 

 

O sucesso da cantora e dançarina é tão grande que ela teve que criar uma segunda conta no Instagram, dedicada exclusivamente ao público infantil. Enquanto seu primeiro perfil é dedicado a fotos sensuais, como a que mostra as tatuagens "Quer mais?", na virilha, e "Bate", no cóccix, e vídeos rebolando, a página para os menores mostra Mirella com os fãs mirins e fotos mais criativas e coloridas.

 

Com apenas 20 anos, a morena lançou no início desse mês uma música mais ligada ao pop com MC Pocahontas, e o clipe oficial no youtube já soma mais de 15 milhões de visualizações. Além do sucesso musical, Mirella parou a Times Square, em Nova York, ao fazer um ensaio sensual de lingerie em meio ao frio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações de Extra Globo

Sobe Catracas

SIDNEY COELHO, ex-presidente da CGL

TCE aprovou as contas dele referentes a 2017, quando esteve à frente da Comissão Geral de Licitação (CGL) no Amazonas

Desce Catracas

LUIZ CASTRO, secretário de Educação do AM

Fez dispensa de licitação de R$ 32 milhões da merenda escolar e presidente do TCE mandou cancelar certame