DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/11/2018

Boi-Bumbá de Parintins é declarado Patrimônio Cultural do Brasil

Decisão foi unânime em reunião do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Belém (PA)

Boi-Bumbá de Parintins é declarado Patrimônio Cultural do Brasil Reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural ocoreu na manhã desta quinta (8). Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - O Boi-bumbá de Parintins tornou-se Patrimônio Cultural brasileiro nesta quinta-feira, 08 de novembro. A decisão foi unânime durante a 91ª Reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que acontece no  Museu Histórico do Pará, em Belém.

 

Representantes de Parintins que acompanharam o processo aguardavam ansiosos pelo reconhecimento do registro, neste primeiro dia de encontro. O prefeito Bi Garcia avalia como positivo o reconhecimento e disse que o município tem mais um motivo para comemorar.

 

"É gratificante para nós o reconhecimento dos Bois Garantido e Caprichoso como Patrimônio Cultural do Brasil. Mais de 100 anos de história e esse registro mostra a importância desse grandioso evento, além de homenagear os artistas e o povo parintinense que faz a festa acontecer. Com isso teremos mais incentivo ao turismo, mais oportunidade na geração de emprego e investimentos em nossa cidade”, pontuou Bi Garcia.

 

O Complexo Cultural do Boi Bumbá do Médio Amazonas e Parintins é uma manifestação cultural de caráter festivo, que tem a figura do Boi como seu elemento principal e envolve uma série de danças, músicas, drama e enredo.

 

O Conselho que avaliou o processo de registro é formado por especialistas de diversas áreas, como cultura, turismo, antropologia, arquitetura e urbanismo, sociologia, história e arqueologia. Ao todo, são 22 conselheiros, que representam o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), a Associação Brasileira de Antropologia (ABA), o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (Icomos), a Sociedade de Arqueologia Brasileira (SAB), o Ministério da Educação, o Ministério do Turismo, o Instituto Brasileiro dos Museus (Ibram), o Ministério do Meio Ambiente, Ministérios das Cidades, e mais 13 representantes da sociedade civil, com especial conhecimento nos campos de atuação do Iphan.

Sobe Catracas

PAULO CARVALHO, procurador de Justiça

Foi nomeado titular da Corregedoria da Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM), pelo governador Wilson Lima, para o biênio 2019-2021

Desce Catracas

MANO DADAI, vereador de Santarém (PA)

Justiça condenou ele a perda do mandato e oito anos de prisão, na Operação Perfuga, por associação criminosa e peculato