DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/11/2018

Indígena do Amapá é convocada para equipe de transição de Bolsonaro

Presidente eleito Jair Bolsonaro, escolheu a tenente do Exército Sílvia Waiãpi, para compor sua equipe

Indígena do Amapá é convocada para equipe de transição de Bolsonaro Tenente do Exército Sílvia Nobre Waiãpi

A tenente do Exército Sílvia Nobre Waiãpi fará parte da equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro, além dela, a coronel do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e especialista em segurança pública Márcia Amarílio da Cunha Silva,  tenente Liane de Moura e a economista Clarissa Costalonga foram anunciadas. 

 

Sílvia nasceu na aldeia da etnia Waiãpi, no Parque Indígena do Tumucumaque, no Amapá. Ela foi a primeira mulher indígena a ingressar no exército do Brasil. A indígena passou por muitas dificuldades antes de ganhar seu merecido espaço. Ela também já atuou em algumas produções televisivas, como por exemplo 'Uga Uga' e 'Dois Irmãos'.  

 

Em sua redes sociais, Bolsonaro destacou que está preparando sua equipe para acabar com a corrupção do país. "Não estou preocupado com a cor, sexo ou sexualidade de quem está na minha equipe, mas com a missão de fazer o Brasil crescer, combater o crime organizado e a corrupção, dentre outras urgências", escreveu. // PORTAL DA AMAZÔNIA

Sobe Catracas

EVERTY SANDRO PEREIRA, delegado de Polícia

Assumiu como novo delegado titular do 3º DIP de Parintins 

Sobe Catracas

GISELE PASCARELLI, advogada

Toma posse hoje (22) como nova desembargadora eleitoral no TRE-AM, em vaga destinada à Classe dos Advogados

Desce Catracas

CHICO DOIDO, prefeito de Iranduba

Votação da CMI que pode cassar mandato dele, por suspoto desvio de mais de R$ 4 milhões, deve acontecer nos próximos dias

Desce Catracas

APARECIDO SILVA, prefeito de Rurópolis (PA)

Justiça do Pará condenou ele a perda dos direitos políticos e a pagar multa de R$ 15 mil, por não prestar contas de convênios federais em 2009

BASTIDORES