DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/11/2018

Esquenta eleição do Caprichoso com três nomes na disputa

Jender Lobato, Carmona Filho e Rossy Amoedo são os nomes cotados

Esquenta eleição do Caprichoso com três nomes na disputa Jender Lobato, Carmona Filho e Rossy Amoedo (Fotos: Divulgação)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - A eleição do boi Caprichoso será daqui a 11 meses, mas a disputa para a presidência do bumbá já começou em Parintins. Três nomes estão na disputa, o atual vice o advogado Jender Lobato, o empresário e ex-presidente do boi, Carmona Filho e o empresário e artista da agremiação, Rossy Amoedo.  

 

O mandato do presidente Babá Tupinambá encerra no mês de setembro de 2019, quando acontece a eleição.

 

Nesta quinta-feira (08/11), Jender confirmou que é candidato e que há um grupo de apoiadores para sua eleição. “Sei também que há mais dois candidatos, o Carmona e o Rossy. Sei que eles amam o Caprichoso como eu. Mas eu estou trabalhando há mais tempo. E estamos trabalhando para vencer a eleição”, disse o vice de Babá, em entrevista, por telefone ao radialista Gil Gonçalves, na Rádio Clube.  

 

Há nos bastidores um acerto entre os dois dirigentes do boi, em que Babá deixaria a presidência e seria o vice na chapa de Lobato. Um deputado estadual eleito também seria um dos apoiadores de Jender para chegar à Presidência.    

 

“Ninguém vai me convencer de deixar de ser candidato. Estamos conseguindo a cada dia mais apoio”, concluiu Jender, na entrevista.

 

Carmona foi presidente do Caprichoso por cinco anos. Ele também foi vice-prefeito de Parintins, na gestão do prefeito Alexandre da Carbrás.

 

Rossy Amoedo foi vice-presidente na gestão de Joilto Azedo e disputo este ano a eleição para deputado estadual.

Sobe Catracas

EVERTY SANDRO PEREIRA, delegado de Polícia

Assumiu como novo delegado titular do 3º DIP de Parintins 

Sobe Catracas

GISELE PASCARELLI, advogada

Toma posse hoje (22) como nova desembargadora eleitoral no TRE-AM, em vaga destinada à Classe dos Advogados

Desce Catracas

CHICO DOIDO, prefeito de Iranduba

Votação da CMI que pode cassar mandato dele, por suspoto desvio de mais de R$ 4 milhões, deve acontecer nos próximos dias

Desce Catracas

APARECIDO SILVA, prefeito de Rurópolis (PA)

Justiça do Pará condenou ele a perda dos direitos políticos e a pagar multa de R$ 15 mil, por não prestar contas de convênios federais em 2009

BASTIDORES