DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/11/2018

Rodrigo Maia promove jantar para governadores eleitos do AM e RJ

Durante evento, presidente da Câmara dos Deputados posicionou-se a favor da continuidade dos incentivos da ZFM

Rodrigo Maia promove jantar para governadores eleitos do AM e RJ Wilson Lima, ao lado de Rodrigo Maia e Wilson Witzel, governador eleito do RJ.

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (eleito para o sexto mandato pelo DEM) , recebeu para o jantar, na noite desta quarta-feira (7), os governadores eleitos do Amazonas, Wilson Lima, e do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, ambos do PSC.

 

 

A preocupação em manter o diferencial tributário da Zona Franca de Manaus, que está relacionado diretamente com a permanência de centenas de empresas no Polo Industrial foi o tema abordado pelo chefe do Poder Executivo do Amazonas a partir do dia 1° de janeiro de 2019.

 

Wilson Lima reiterou que o custo logístico é um fator oneroso para as indústrias, que ao formatar o preço dos produtos perdem competitividade por causa das despesas elevadas com transporte. “O distanciamento geográfico do maior estado da federação em dimensão territorial dos grandes centros consumidores brasileiros gera um custo operacional elevado. Por isso é vital encontrar alternativas para superar esse entrave. Alterações nos incentivos colocam em risco a permanência do Polo Industrial”, enfatizou Wilson Lima.

 

O presidente Rodrigo Maia frisou que irá se contrapor as propostas que fragilizam a ZFM por entender os efeitos benéficos do modelo. “Wilson Lima pode contar comigo. Eu me considero um amazonense, nascido fora do estado, mas que apoia e trabalhará para o fortalecimento e desenvolvimento do Amazonas”, garantiu.

 

Sobe Catracas

PAULO CARVALHO, procurador de Justiça

Foi nomeado titular da Corregedoria da Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM), pelo governador Wilson Lima, para o biênio 2019-2021

Desce Catracas

MANO DADAI, vereador de Santarém (PA)

Justiça condenou ele a perda do mandato e oito anos de prisão, na Operação Perfuga, por associação criminosa e peculato