DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/11/2018

ARTIGO | Meu Divorcio no Cartório, como assim?

Luis Albert, advogado | DIREITO DO CONSUMIDOR

ARTIGO | Meu Divorcio no Cartório, como assim? Luis Albert, advogado.

Meu Divorcio no Cartório, como assim?

 

Pode sim, contudo há certos requisitos para se utilizar deste simples procedimento, vejamos:

 1. O divórcio seja consensual, ou seja, sem brigas pelos bens, onde o casal determina a divisão de valores ou alimentos (pensão) a ser pago para o outro;

2. O casal não pode possuir filhos menores ou incapazes, pois se faz necessário neste caso a intervenção do Ministério Público, fato apenas existente em um processo judicial;

3. A presença de um Advogado.

 

Para realizar este divórcio,  necessário se dirigir a um cartório com a presença de no mínimo um Advogado, este vai representar o casal, onde fará as orientações necessárias e assinara juntamente com os divorciados a devida escritura.

 

O procedimento e muito rápido e com custo acessível, não precisa de prazo, pode ser feito a qualquer tempo.

 

Mas eu possuo um processo litigioso (sem entendimento de ambos) de divórcio e agora?

 

No momento que há o entendimento do casal, se não ocorrer um acordo no processo judicial, facilmente este pode ser extinto mediante um pedido de desistência e o procedimento ser realizado de forma amigável em um cartório.

 

Quaisquer dúvidas sobre documentação necessária, aconselho procurar o Advogado de sua confiança.

 

E não esqueça, consulte sempre um Advogado!

 

 

Sobe Catracas

NÉLIO AGUIAR, prefeito de Santarém

Prestigiado com Hélder Barbalho, governador transferiu sede do Governo do Pará, por três  dias, para Santarém e município recebeu 29 prefeitos

Desce Catracas

NATHAN MACENA, prefeito do Careiro Castanho

MPF notificou a Prefeitura por falta de aparelhos de comunicação em escolas e UBSs do município