DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/11/2018

ARTIGO | Meu Divorcio no Cartório, como assim?

Luis Albert, advogado | DIREITO DO CONSUMIDOR

ARTIGO | Meu Divorcio no Cartório, como assim? Luis Albert, advogado.

Meu Divorcio no Cartório, como assim?

 

Pode sim, contudo há certos requisitos para se utilizar deste simples procedimento, vejamos:

 1. O divórcio seja consensual, ou seja, sem brigas pelos bens, onde o casal determina a divisão de valores ou alimentos (pensão) a ser pago para o outro;

2. O casal não pode possuir filhos menores ou incapazes, pois se faz necessário neste caso a intervenção do Ministério Público, fato apenas existente em um processo judicial;

3. A presença de um Advogado.

 

Para realizar este divórcio,  necessário se dirigir a um cartório com a presença de no mínimo um Advogado, este vai representar o casal, onde fará as orientações necessárias e assinara juntamente com os divorciados a devida escritura.

 

O procedimento e muito rápido e com custo acessível, não precisa de prazo, pode ser feito a qualquer tempo.

 

Mas eu possuo um processo litigioso (sem entendimento de ambos) de divórcio e agora?

 

No momento que há o entendimento do casal, se não ocorrer um acordo no processo judicial, facilmente este pode ser extinto mediante um pedido de desistência e o procedimento ser realizado de forma amigável em um cartório.

 

Quaisquer dúvidas sobre documentação necessária, aconselho procurar o Advogado de sua confiança.

 

E não esqueça, consulte sempre um Advogado!

 

 

Sobe Catracas

DANIELY CASTILHO, fisiculturista amazonense

Após ficar no Top 3 do Ms. Olympia, maior show de fisiculturismo do mundo, concorre ao título de 'Melhor competidora profissional do ano'

Sobe Catracas

MIKAIL IWANON, jogador de xadrez

Amazonense é o único representante do Norte no Campeonato Nacional de Xadrez, no Rio Grande do Norte

Desce Catracas

ONYX LORENZONI, ministro da Casa Civil

Comparou o risco que crianças correm, ao pais terem uma arma de fogo em casa, ao de ter um liquidificador

Desce Catracas

JOAQUIM CORADO, prefeito de Amaturá

Apesar de constatar irregulariades na aplicação de recursos de convênios em gestão passada não sabe se vai denunciar ex-prefeito

BASTIDORES