Sexta, 05 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/11/2018

Eleitos em 2018 no AM serão diplomados em dezembro

TRE-AM marcou a data da diplomação

Eleitos em 2018 no AM serão diplomados em dezembro O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), João Simões confirmou a data e o local (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Os políticos do Amazonas, eleitos nas Eleições 2018, serão diplomados no dia 17 de dezembro. O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), João Simões confirmou a data e o local: o auditório da Escola Superior da Magistratura do Amazonas (Esmam), no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

 

Na ocasião serão diplomados o governador eleito, Wilson Lima e o vice Carlos Almeida, os senadores Plínio Valério e Eduardo Braga (reeleito), oito deputados federais e 24 deputados estaduais.

 

Este ano, a Câmara Federal tem seis novos deputados: Zé Ricardo (PT), Pablo Oliva (PSL), Capitão Alberto Neto (PRB), Marcelo Ramos (PR), Sidney Leite (PSD) e Bosco Saraiva (SD). Apenas Silas Câmara (PRB) e Átila Lins (PP), foram reeleitos.

 

VEJA A LISTA DE DEPUTADOS ESTADUAIS ELEITOS E REELEITOS EM 2018 NO AMAZONAS

 

Novos 

  1. Dra Mayara (PP)
  2. Roberto Cidade (PV)
  3. Delegado Péricles (PSL)
  4. Wilker Barreto (PHS)
  5. Saullo Vianna (PPS)
  6. Joana Darc Protetora Animais (PR)
  7. João Luiz (PRB)
  8. Fausto Junior (PV)
  9. Prof. Therezinha Ruiz (PSDB)
  10. Felipe Souza (PHS)
  11. Carlinhos Bessa (PV)
  12. Álvaro Campelo (PP)
  13. Tiago Falcão (PODEMOS)

 

Reeleitos

  1. Adjuto Afonso (PDT )
  2. Alessandra Campelo (MDB)
  3. Belarmino Lins (PP)
  4. Cabo Maciel (PR)
  5. Dermilson Chagas (PP)
  6. Dr. Gomes (PRP)
  7. Josué Neto (PSD)
  8. Ricardo Nicolau (PSD)
  9. Serafim Corrêa (PSB)
  10. Augusto Ferraz (DEM)
  11. Professor Sinesio (PT)

Sobe Catracas

RODRIGO FERNANDES, escritor paraense

Natural de Santarém, venceu concurso da Academia Paraense de Letras e Artes e obra dele ficou em 1º lugar na categoria 'Melhor Livro'

Desce Catracas

ALFREDO MENEZES, ex-superintendente da Suframa

Foi demitido após 1 ano e 3 meses à frente da autarquia, que enfrenta a por crise da história