DeAmazônia

MENU
Atualizado em 28/10/2018

LEÃO AZULAY #A melhor idade: os 60

LEÃO AZULAY #A melhor idade: os 60 Publicitário, Leão Azulay.

Fui viajar. No aeroporto Júlio Belém, a voz anasalada da funcionária da companhia aérea, antes do embarque bradava: "Clientes com necessidades especiais, crianças de colo, melhor idade, e gestantes, terão preferência, etc., etc.".

 

Em uma rápida verificação, conclui que eu não tenho necessidades especiais, nem sendo criança de colo, ou estando gestante, só me restava a opção "melhor idade", ou seja, alguma coisa como meus 60 anos e a morte.

 

Para os que ainda não chegaram a ela, a "melhor idade" é quando você pensa duas vezes antes de se abaixar para pegar algo que caiu no chão. Ou quando tem a tormenta situação de ter que dar um laço no sapato. Dar um laço no sapato equivale a uma modalidade olímpica.  Privilégios na "melhor idade" são: o ressecamento da pele, a osteoporose, as placas de gordura no coração, a falência dos neurônios, a baixa da visão e da audição, a queda de cabelo, a tendência à obesidade, as disfunções sexuais. Ou seja, estar na "melhor idade", é estar com tudo e não estar prosa.

 

Outra característica da "melhor idade" é a montanha de remédios, que precisam ser tomados, a pedido do médico, que depois não os retira mais da sua vida. Dias desses, um jovem casal me abordou no Mercado. O casal talvez visse em mim uma espécie rara de algum pterossauro da noite parintinense.

 

O rapaz educadamente me indagou "seu Azulay, está chegando da festa?". Respondi eufórico: "Da farmácia". Esta de fato, é uma das maiores vantagens da "melhor idade", você acaba tendo prazer em qualquer lugar que ainda consiga ir. A farmácia, as vezes é um deles.

 

*O autor é publicitário* 

Sobe Catracas

DANIELY CASTILHO, fisiculturista amazonense

Após ficar no Top 3 do Ms. Olympia, maior show de fisiculturismo do mundo, concorre ao título de 'Melhor competidora profissional do ano'

Sobe Catracas

MIKAIL IWANON, jogador de xadrez

Amazonense é o único representante do Norte no Campeonato Nacional de Xadrez, no Rio Grande do Norte

Desce Catracas

ONYX LORENZONI, ministro da Casa Civil

Comparou o risco que crianças correm, ao pais terem uma arma de fogo em casa, ao de ter um liquidificador

Desce Catracas

JOAQUIM CORADO, prefeito de Amaturá

Apesar de constatar irregulariades na aplicação de recursos de convênios em gestão passada não sabe se vai denunciar ex-prefeito

BASTIDORES