DeAmazônia

MENU
Atualizado em 28/10/2018

LEÃO AZULAY #A melhor idade: os 60

LEÃO AZULAY #A melhor idade: os 60 Publicitário, Leão Azulay.

Fui viajar. No aeroporto Júlio Belém, a voz anasalada da funcionária da companhia aérea, antes do embarque bradava: "Clientes com necessidades especiais, crianças de colo, melhor idade, e gestantes, terão preferência, etc., etc.".

 

Em uma rápida verificação, conclui que eu não tenho necessidades especiais, nem sendo criança de colo, ou estando gestante, só me restava a opção "melhor idade", ou seja, alguma coisa como meus 60 anos e a morte.

 

Para os que ainda não chegaram a ela, a "melhor idade" é quando você pensa duas vezes antes de se abaixar para pegar algo que caiu no chão. Ou quando tem a tormenta situação de ter que dar um laço no sapato. Dar um laço no sapato equivale a uma modalidade olímpica.  Privilégios na "melhor idade" são: o ressecamento da pele, a osteoporose, as placas de gordura no coração, a falência dos neurônios, a baixa da visão e da audição, a queda de cabelo, a tendência à obesidade, as disfunções sexuais. Ou seja, estar na "melhor idade", é estar com tudo e não estar prosa.

 

Outra característica da "melhor idade" é a montanha de remédios, que precisam ser tomados, a pedido do médico, que depois não os retira mais da sua vida. Dias desses, um jovem casal me abordou no Mercado. O casal talvez visse em mim uma espécie rara de algum pterossauro da noite parintinense.

 

O rapaz educadamente me indagou "seu Azulay, está chegando da festa?". Respondi eufórico: "Da farmácia". Esta de fato, é uma das maiores vantagens da "melhor idade", você acaba tendo prazer em qualquer lugar que ainda consiga ir. A farmácia, as vezes é um deles.

 

*O autor é publicitário* 

Sobe Catracas

CAIO JOBIM, professor da rede pública de Manaus/AM

Com metodologia norte-americana, criou o 'Clube do Livro', em escola de Manaus, com o objetivo de incentivar o hábito da leitura entre estudantes do Ensino Médio

Desce Catracas

TARCÍSIO ROSA, presidente da Eletrobras Amazonas

Irritação de consumidores, com má prestação de serviços, é tanta que usuário se descontrolou e quebrou computador e mesas em escritório da empresa