DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/10/2018

MP-AM lança Programa para fortalecer rede de proteção à criança e ao adolescente

Na Semana do Dia das Crianças MP lança o “Programa Ciranda de Oficinas”

MP-AM lança Programa para fortalecer rede de proteção à criança e ao adolescente Projeto é do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Especializadas na Infância e Juventude. Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), na Semana do Dia das Crianças, comemorado no dia 12 de outubro, lança o “Programa Ciranda de Oficinas”, voltado para estreitar os laços institucionais e capacitar os parceiros responsáveis pela proteção aos direitos e interesses das crianças e adolescentes.

 

O “Programa Ciranda de Oficinas” é um projeto do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Especializadas na Infância e Juventude (CAO-IJ), e terá como primeiro evento a Oficina de Capacitação para Empoderamento Parental: as responsabilidades inerentes ao poder familiar, que será realizada no dia 11/10/2018, das 14:00 às 17:00 horas, no auditório Gebes Medeiros, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça.

 

A apresentação da Oficina terá o apoio do Programa de Atenção às Pessoas em Situação de Vulnerabilidade Psicossocial - RECOMEÇAR, e incluirá palestra com estudo de caso e estratégia para o exercício responsável do poder familiar, relato de experiências e uma apresentação cultural.

 

Essa primeira Oficina tem como público-alvo os Membros e Servidores das Promotorias de Justiça da Infância e Juventude, da Saúde e da Educação de Manaus, os Conselheiros Tutelares de Manaus, os Membros e Conselheiros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Manaus (CMDCA-Manaus) e do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Amazonas (CEDCA/AM), visando a instrumentalizar o exercício responsável da guarda, garantindo os direitos fundamentais preconizados pela Lei nº 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Sobe Catracas

SIDNEY COELHO, ex-presidente da CGL

TCE aprovou as contas dele referentes a 2017, quando esteve à frente da Comissão Geral de Licitação (CGL) no Amazonas

Desce Catracas

LUIZ CASTRO, secretário de Educação do AM

Fez dispensa de licitação de R$ 32 milhões da merenda escolar e presidente do TCE mandou cancelar certame