DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/10/2018

Aprovado PL que torna Festival de Nova Olinda Patrimônio Cultural do AM

A proposta ainda passará pela sanção do Governo do Estado

Aprovado PL que torna Festival de Nova Olinda Patrimônio Cultural do AM Festival Folclórico de Nova Olinda do Norte acontece em setembro(Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) aprovou, nesta quarta-feira (10), o Projeto de Lei que torna o Festival Folclórico de Nova Olinda do Norte em Patrimônio Cultural Material e Imaterial do Amazonas. O Festival Folclórico de Nova Olinda do Norte aconteceu nos dias 27, 28 e 29 de setembro e foi realizado no novo Centro de Convenções de Nova Olinda do Norte.  

 

O projeto é de autoria do deputado estadual Josué Neto (PSD). De acordo com o parlamentar, a proposta ainda vai passar pela sanção do Governo do Estado e precisa ser publicada no Diário Oficial para entrar em vigor. Ele explicou que o título reconhece o festival como uma expressão cultural legítima do Estado e facilita a captação de recursos públicos para a realização do festival.

 

 “A população de Nova Olinda tem no festival folclórico a sua grande inspiração popular de arte de folclórica e práticas saudáveis para a juventude e agora com a sanção do governador para esse projeto o Festival terá muito mais facilidade para arrecadar recursos para a sua realização”, disse.

 

Ao defender o projeto no Plenário do Parlamento durante a votação, Josué Neto disse que a festa é essencial para o município por promover a cultura, servir de alternativa de integração dos jovens e geração de emprego e renda da cidade.

 

“Quem não conhece diz: pra quê festa? Mas nesses eventos vários jovens estão praticando dança, música, ensaiando de forma saudável. Há a movimentação da economia onde dezenas de costureiras e artistas plásticos tem a chance de garantir o sustento das suas famílias. Não é só a festa, existe a geração de postos de trabalho, a economia circulando, e as pessoas ganhando o seu sustento”, afirmou.

 

Em seu discurso, Josué também ressaltou o trabalho do Prefeito Adenilson Reis para a realização da festa e do deputado federal Átila Lins para a conclusão do Centro Cultural onde foi realizado o evento este ano.

 

No plenário, os deputados Sinésio Campos (PT) e Belarmino Lins (PP) parabenizaram Josué Neto pela proposta e ressaltaram a importância do festival para o município.

Sobe Catracas

PASTORA LEAL, presidente do TRT/8ª Região

Desembargadora foi homenageada na sede do TST, em Brasília, com medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Desce Catracas

JARDEL VASCONCELOS, prefeito de Monte Alegre (PA)

Conselho de Ética e Transparência Administrativa Municipal (Copetramma) protocolou pedido de cassação dele na Câmara por suposta fraude em licitação