DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/10/2018

ARTIGO | Empréstimo com 20% de juros ao mês, sem consulta ao SPC. Vale a pena?

Luis Albert, advogado | DIREITO DO CONSUMIDOR

ARTIGO  | Empréstimo com 20% de juros ao mês, sem consulta ao SPC. Vale a pena? Luis Albert, advogado.

A resposta é NÃO, geralmente estes empréstimos utilizam de 14 a 20% de juros mensais, valores estes abusivos;

 

Mas qual a taxa de juros correta? A referência hoje utilizada é a taxa média de juros do Banco Central do Brasil (BACEN), por exemplo, para empréstimos não consignados (geralmente descontados diretamente da conta corrente) é de 7% ao mês, para consignados é comumente 2% ao mês;

 

Posso revisar valores abusivos? Pode sim, inclusive há a determinação da readequação de juros, qualquer parcela em atraso não há a incidência de juros e os valores pagos a mais são devolvidos para o consumidor atingido pela irregularidade;

 

Aconselho a realizar este tipo de empréstimo na última opção que você tiver, e se for de necessidade extrema, pois a tendência é piorar sua situação financeira, caso não haja o pagamento de uma parcela, os juros são ferozes, os descontos ocorrem diretamente na sua conta corrente e sem você entender o cálculo destes valores e quando terminam. Porém os valores pagos a mais devem ser restituídos via justiça.

 

E lembre-se, consulte sempre um Advogado!

Sobe Catracas

JOSÉ FERREIRA, professor da UFAM

Professor da Faculdade de Ciências Agrárias, recebeu homenagem da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Amazonas (AEAEA)

Sobe Catracas

ARTHUR DOS SANTOS, estudante

Aluno do CETI/Parintins conquistou medalha de ouro na 21ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Desce Catracas

IVON RATES, prefeito de Envira

MP-AM foi à Justiça para que a Prefeitura pare de depositar lixo a céu aberto na cidade, em área próxima à residências

Desce Catracas

PEDRO GARCIA, ex-prefeito de São Gabriel da Cachoeira

Justiça Federal determinou bloqueio de R$ 540 mil em bens e valores da conta bancária dele por improbidade administrativa 

BASTIDORES