DeAmazônia

MENU
Atualizado em 14/09/2018

MPF realiza seleção para serviço voluntário no Amazonas

Interessados têm até 17 de setembro para se inscrever por e-mail que deve ser encaminhado ao órgão

MPF realiza seleção para serviço voluntário no Amazonas O serviço voluntário é a atividade não remunerada prestada por pessoa física ao Ministério Público Federal. (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Ministério Público Federal (MPF) está com inscrições abertas para o 1º Processo de Recrutamento e Seleção para Serviço Voluntário no Amazonas. São oferecidas vagas para aqueles que possuam graduação nas áreas de Direito, Ciências Sociais/Antropologia ou qualquer área de formação superior, além de formação de cadastro de reserva.

 

Para realizar a inscrição, os interessados devem mandar e-mail para , até a próxima segunda-feira (17), com a indicação da área que pretende realizar o serviço voluntário e os documentos exigidos no edital, de forma digitalizada em um único arquivo PDF.

 

Os documentos necessários são: ficha de inscrição para serviço voluntário (contante no anexo I do edital), cópia digitalizada de documento com foto e CPF, currículo e a cópia digitalizada do certificado de conclusão do curso superior ou histórico escolar detalhado e atualizado expedido pela Instituição de Ensino Superior.

 

O candidato poderá ser convocado para realização de entrevista pessoal e análise curricular, sendo a admissão baseada em critérios de conveniência e oportunidade. A jornada semanal do prestador de serviço voluntário é de no mínimo quatro e no máximo 20 vinte horas semanais.

 

O serviço voluntário é a atividade não remunerada prestada por pessoa física ao Ministério Público Federal, de forma espontânea e com objetivos cívicos, educacionais, culturais, científicos, recreativos ou de assistência social.

Sobe Catracas

YTANAJÉ COELHO, professor da rede pública, em Borba (AM)

Educador indígena, da etnia Munduruku, lançou livro intitulado “Canumã: A travessia”, onde relata a história do seu povo 

Desce Catracas

PAULO GUEDES, ministro da Economia

Em entrevista a Globo News, ministro anunciou que vai acabar com incentivos fiscais da ZFM e após repercussão disse que caiu em 'armadilha' de jornalista