DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/09/2018

Na presença de famosos, Wesley Safadão lança projeto

No melhor clima de alegria possível, o artista não só concedeu entrevistas à imprensa, mas também realizou um animado pocket show

Na presença de famosos, Wesley Safadão lança projeto Wesley Safadão. (Foto: Reprodução)

Aproveitando a noite da última quarta-feira (12), Wesley Safadão decidiu se reunir com vários jornalistas e outros famosos, no Villaggio JK, renomado espaço de eventos, localizado em São Paulo, para o lançamento de seu mais recente projeto, intitulado de WS Mais Uma Vez. 

 

No melhor clima de alegria possível, o artista não só concedeu entrevistas à imprensa, mas também realizou um animado pocket show, para apresentar as músicas que fazem parte deste seu mais novo trabalho, que só deve trazer ainda mais sucesso, para sua carreira. 

 

Entre as celebridades que fizeram questão de prestigiar Wesley, estavam Ana Paula Minerato, a dupla sertaneja Breno e Caio César e Henri Castelli.

 

Veja mais fotos! 

 

Simpático, cantor conversou com vários jornalistas, na ocasião

 

Na presença de famosos, Wesley Safadão lança projeto

 

Com todo o seu carisma, ele ainda apresentou seus novos sucessos, durante um super show

 

Na presença de famosos, Wesley Safadão lança projeto

 

Na presença de famosos, Wesley Safadão lança projeto

 

Henri Castelli

 

Ana Paula Minerato

 

Breno e Caio César

 

 

 

Com informações de Ofuxico

Sobe Catracas

JÚLIA ROMANO, estudante de Direito e escritora

Manauara lançou primeiro livro após publicar 'piloto' do material na internet e mais de 11 mil pessoas pedirem a publicação

Sobe Catracas

KETHELLEN SABRINA, estudante amazonense

É única da América Latina a vencer competição internacional de robótica e receberá premiação no Museu de Londres.

 

Desce Catracas

CHICO DOIDO, prefeito de Iranduba

Votação da CMI que pode cassar mandato dele, por suspoto desvio de mais de R$ 4 milhões, deve acontecer nos próximos dias

Desce Catracas

APARECIDO SILVA, prefeito de Rurópolis (PA)

Justiça do Pará condenou ele a perda dos direitos políticos e a pagar multa de R$ 15 mil, por não prestar contas de convênios federais em 2009

BASTIDORES