DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/09/2018

Adolescente morre em Manaus após colisão com embarcação da equipe da TV Globo

Adolescente estava com o pai em uma canoa; equipe da Globo gravava nova série no Igarapé do Tarumã

Adolescente morre em Manaus após colisão com embarcação da equipe da TV Globo Parte do elenco da nova série, atriz Leandra Leal compartilhou em sua rede social um registro do local das gravações. (Foto: Reprodução/Instagram)

MANAUS - O adolescente de 15 anos Lucas Henrique de Lima Cardoso morreu na madrugada desta quinta-feira (13), em Manaus, após ser atingido por uma embarcação de grande porte usada pela TV Globo nas gravações de uma minissérie na capital amazonense. O garoto, de uma família ribeirinha, estava acompanhado do pai em uma canoa no Igarapé do Tarumã-Açu, próximo à Prainha, no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus.

 

Segundo o pai do menino, que se identificou como Paulo Henrique, de 44 anos, o incidente aconteceu por volta das 4h24 de hoje. De acordo com ele, a embarcação, de nome “Paula”, pertencente a uma empresa contratada pela TV Globo navegava em alta velocidade e lotada, com cerca com 15 pessoas. Conforme o pai, todos faziam parte do núcleo de gravação da minissérie “Aruanas”, coprodução da TV Globo e da Maria Farinha Filmes.

 

“Estava voltando do caminho que faço todos os dias. Tinha acabado de deixar minha mãe, de 72 anos, na Prainha. Meu filho estava com uma lanterna iluminando o caminho e eu, de costas, comandando a canoa. Senti a batida da embarcação e ouvi a lanterna caindo. Olhei para trás e vi meu filho já caído. A lancha de grande porte estava em alta velocidade. Eles passaram por cima de nós”, relatou o pai.

 

Após perceber que o filho tinha sido atingido pela embarcação, Paulo entrou em desespero. “A lancha estava tanto em alta velocidade que eles só perceberam que tinha atingido meu filho depois de 40 metros. Eles voltaram, prestaram socorro, mas acredito que meu filho morreu na hora. O meu filho foi atingido na cabeça e teve uma orelha cortada no acidente”, explicou o ribeirinho.

 

O adolescente de 15 anos ainda chegou a ser encaminhado, inconsciente, para o Hospital e Pronto da Criança da Zona Leste “Joãozinho”, mas não resistiu e o óbito por Traumatismo Crânio Encefálico (TCE), com sangramento na orelha direita, foi comprovado na unidade hospitalar. “Estava em uma canoa de nove metros de comprimento. Não tinha como eles não nos verem. Foi uma falta de responsabilidade. O condutor da embarcação estava totalmente distraído. Agora estou sem meu filho. Destruíram um sonho”, disse.

 

Pai quer justiça

Depois da perda, o ribeirinho disse que pretende cobrar na Justiça pela morte do filho. “Faz alguns dias que eles estão gravando essa minissérie. Fiquei sabendo que eles eram da Globo após o acidente acontecer. Eu quero muito justiça, porque até o momento ninguém da empresa me procurou para falar nada. Eles estavam se divertindo na embarcação”, completou. O velório de Lucas Henrique deve ser realizado ainda hoje (13) no bairro Tarumã, em horário a ser definido.

 

O caso foi registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. Segundo o pai do menino, Paulo Henrique, até o momento ninguém foi preso pelo crime. A Marinha do Brasil divulgou nota informando que a Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental enviaria uma equipe de Inspeção Naval até o local para iniciar investigações. A reportagem não confirmou o nome do piloto da embarcação e da empresa contratada pela TV Globo.

 

TV Globo

Em nota, a TV Globo confirmou o incidente que ocasionou a morte do adolescente de 15 anos. “No deslocamento para o set de gravação de Aruanas, o barco que dava apoio à Maria Farinha nas gravações colidiu com outro barco. Os dois ocupantes [pai e filho] foram socorridos imediatamente no local, mas Lucas morreu”, disse a emissora.

 

“A Maria Farinha Filmes e a Globo lamentam profundamente o ocorrido e estão ao lado da família e dos envolvidos, para providências e apoio com todo o necessário. As autoridades locais estão apurando o acidente e as gravações do dia foram canceladas”, finalizou a Globo.

POR: AMANDA GUIMARÃES, PORTAL A CRÍTICA

Sobe Catracas

GEDEÃO GRANJEIRO, pastor

Presidente da Assembleia de Deus Tradicional do AM, recebeu Medalha Ruy Araújo, na Aleam, pelo trabalho à frente da Igreja 

Sobe Catracas

ROBERTO GESTA, desportista

Recebeu o Título de Doutor Honoris Causa, concedido pela UFAM, em homenagem a carreira dele no esporte

Desce Catracas

DAVID BEMERGUY, prefeito de Benjamin Constant

TJAM determinou que Prefeitura dê medicamentos e passagens para criança doente renal, após ele alegar que decisão causaria desequilíbrio às contas públicas

Desce Catracas

EVALDO GOMES, ex-prefeito de Lábrea

MP-AM investiga ele por suposto ato de improbidade, por deixar de atender questionamentos do MPC-AM sobre dívidas da Prefeitura

BASTIDORES