DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/09/2018

POLÊMICA l Propaganda eleitoral de David diz que 'professor só quer dinheiro'

Sinteam questiona propaganda e diz que David se recusou a dar promoções e conceder data base aos professores, quando foi governador

POLÊMICA l Propaganda eleitoral de David diz que 'professor só quer dinheiro'

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Melhores condições de trabalho, educação de qualidade,  construção de Escolas de Tempo Integral, tudo isso passou a margem da proposta do candidato ao governo, David Almeida (PSB), quando o assunto é Educação. No seu programa de governo, que foi ao ar no dia 06 de setembro, David usou seus quase um minuto do programa para falar da categoria dos professores e dizer que o profissional da educação gosta mesmo é de dinheiro.

 

A informação é do site Amazonas1.

 

O programa, que apresentou a professora Sheila Miranda, como personagem principal, diz que o que professor se sente mesmo valorizado com dinheiro no bolso.

 

A professora aparece em um carro, saindo da garagem da casa dela, e relata que adquiriu o veículo, com o abono do Fudeb ( do governo federal) pago no governo interino de David Almeida.   “ [...]Professor fica valorizado quando ele recebe dinheiro, sim [...]”, afirma Sheila.

 

SINTEAM QUESTIONA DAVID ALMEIDA

A declaração causou polêmica entre membros da classe dos professores.

 

Para o Amazonas1 ,o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam), Marcus Libório de Lima,  disse que a remuneração é muito importante, mas que também a valorização da categoria passa pelas promoções de carreira, formação continuada ( especialização), saúde laboral ( assistência médica) e condições de trabalho.

 

Libório afirmou ainda que o pagamento do abono do Fundeb não beneficiam funcionários administrativo, aposentados e professores afastados por motivo de doença. Daí a luta da entidade pela data base e cumprimento do plano de carreiras.

 

“David (Almeida) ignorou conceder reajustes e promoções. Teve a oportunidade de cumprir a data base e não o fez. Da mesma forma, poderia ter feito as promoções por titularidade e tempo de serviço (carreira), mas preferiu adotar a política do abono”, afirmou o presidente do Sinteam.  

Sobe Catracas

MARIA INEZ PEREIRA, professora da rede estadual do AM

Artigo dela sobre Fake News, em parceria com outra professora, foi publicado em revista da Universidade do Rio de Janeiro (UERJ)

Desce Catracas

NATHAN MACENA, prefeito do Careiro Castanho

MPF notificou a Prefeitura por falta de aparelhos de comunicação em escolas e UBSs do município