DeAmazônia

MENU
Atualizado em 03/09/2018

Ministério da Saúde prorroga vacinação para municípios que não alcançaram a meta

Campanha Nacional de Vacinação contra pólio e sarampo se estende até dia 14 de setembro

Ministério da Saúde prorroga vacinação para municípios que não alcançaram a meta Segund odia D da campanha aconteceu no último sábado (1º). Foto: Reprodução

DEAMAZÕNIA BRASÍLIA - O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 14 de setembro a Campanha Nacional de Vacinação contra poliomielite e sarampo. Desta forma, os municípios que ainda estão abaixo da meta de vacinar, pelo menos, 95% das crianças na faixa-etária da campanha, terão mais 12 dias para ofertar as duas vacinas na rede pública de saúde. 

 

Contra o sarampo, a cobertura vacinal no Amazonas era de 92,41%, nesta segunda-feira (03/09), o equivalente a 281.764 crianças. Contra a poliomielite, de 87,66%, num total de 267.269 crianças. A população alvo é de 304.907 crianças para cada vacina. 

 

Manaus, que antecipou a campanha de vacinação para sarampo, entre abril e junho, superou a meta com 103,02% de cobertura. O município aplicou 142.834 doses da vacina. A meta era 138.641. Para poliomielite, a cobertura na capital está em 93,17%, com 129.177 doses aplicadas até o momento.

 

Segundo a coordenação estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI), 25 municípios já atingiram a meta para poliomielite e 26 para sarampo. Mas 12 cidades ainda estão com cobertura abaixo de 50% para uma ou as duas vacinas: Boca do Acre, Rio Preto da Eva, Maraã, Japurá, Canutama, Maués, Anori, Santa Isabel do Rio Negro, Tapauá, Ipixuna, Careiro e Caapiranga.

 
De acordo com a coordenadora estadual de imunização, Izabel Nascimento, a recomendação é que esses municípios façam busca ativa para garantir que o público-alvo da campanha seja vacinado. "Pedimos também que os pais que ainda não levaram os filhos para vacinar, aproveitem mais esse prazo. É muito importante que todas as nossas crianças sejam imunizadas. Enviamos vacina para todos os municípios e agora esperamos que os pais façam sua parte", disse a coordenadora estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI), Izabel Nascimento.

 

A campanha deste ano é indiscriminada, por isso, todas as crianças na faixa-etária da campanha devem ser imunizadas, independente da situação vacinal. 



Segundo o MS, até esta segunda-feira, apenas sete estados atingiram a meta de vacinação: Amapá, Santa Catarina, Pernambuco, Rondônia, Espírito Santo, Sergipe e Maranhão.

Sobe Catracas

ANA PAULA DE MEDEIROS, juíza de Direito

2ª Vara do Tribunal do Júri de Manaus, da qual é titular, superou principais metas do CNJ, entre elas o julgamento de processos de feminicídio 

Desce Catracas

GANDOR HAGE, ex-prefeito de Prainha (PA)

Justiça Federal bloqueou mais de R$ 200 mil em bens dele por desvio de verba, destinada ao combate à miséria no município