DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/08/2018

Provas subjetivas do concurso para procurador do MPF acontecem de 18 à 21 de agosto

Provas serão realizadas em diversas cidades em 18, 19, 20 e 21 de agosto, das 9h às 13h.

Provas subjetivas do concurso para procurador do MPF acontecem de 18 à 21 de agosto Foto: Divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - As provas subjetivas do 29º concurso público para provimento de cargos de procurador da República, serão realizadas em diversas cidades em 18, 19, 20 e 21 de agosto, das 9h às 13h. Os portões fecharão às 8h30 (horário oficial de Brasília/DF). As informações foram divulgadas no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (8), conforme o Edital PGR/MPF nº 36. 

 

Nas provas subjetivas, é vedado ao candidato, sob pena de nulidade do exame, inserir no corpo das provas o seu nome, assinatura, local de realização ou qualquer outra anotação ou sinal que possa identificá-lo. É vedado também o uso de líquido corretor de texto e de caneta hidrográfica fluorescente (art. 44, § 4º, da Resolução nº 169/2016).

 

O candidato não poderá retirar-se da sala em que estiver realizando a prova antes de decorridos 90 minutos do respectivo início, sob pena de eliminação do concurso (art. 44, § 3º, da Resolução 169/2016).

 

Somente é admitida a consulta a diplomas normativos quando os textos estiverem desacompanhados de anotações, instruções, comentários, exposição de motivos, transcrições e orientações jurisprudenciais, súmulas ou resoluções dos tribunais, do Conama, do Cade, do CNMP, do CNJ, do Conare e de qualquer outro órgão da administração pública, devendo os candidatos trazerem os textos de consulta com as partes não permitidas já isoladas, por grampo ou fita adesiva, de modo a impedir sua utilização, sob pena de não poder consultá-los (art. 43, caput, da Resolução nº 169/2016).

 

É permitida a consulta à legislação obtida na internet, ou de forma avulsa, impressa ou copiada em apenas uma face, até o máximo de 20 folhas (art. 43, § 1º, da Resolução 169/2016). Será admitida a consulta a protocolos, pactos, tratados, resoluções e convenções e demais normas de direito internacional, sendo, nesta única hipótese, admitida a utilização de normas em espanhol, nos termos do item 6 (art. 43, § 2º, da Resolução nº 169/2016).

 

A Comissão de Concurso, a seu critério, poderá, em todas as provas subjetivas ou apenas em algumas disciplinas, limitar o número de linhas das respostas tanto da primeira quanto da segunda parte das provas. O teor da resposta que exceder ao número de linhas fixado não será considerado, para fins de avaliação, em hipótese alguma (art. 42, § 4º, da Resolução 169/2016).

 

HORÁRIO

Segundo o disposto no artigo 44 da Resolução nº 169/2016, do Conselho Superior do Ministério Público Federal, os candidatos devem estar no local designado com antecedência mínima de 30 minutos do horário marcado para o início das provas, munidos do Cartão de Identificação acompanhado do documento de identidade nele registrado e caneta de tinta indelével, esferográfica, nas cores azul ou preta.

 

Após o horário limite – 8h30 – nenhum candidato, em qualquer hipótese, será admitido para fazer as provas escritas e nem poderá ingressar no local do exame, devendo a Subcomissão Estadual ou do Distrito Federal providenciar imediatamente o fechamento de portões e portas de acesso.

 

REGRAS

 

Terá suas provas anuladas e será automaticamente eliminado do concurso o candidato que, durante sua realização, for surpreendido portando aparelhos eletrônicos, tais como bip/pager, telefone celular, reprodutor analógico ou digital de áudio e vídeo (como tocador de MP3, MP4 e/ou MP5), agenda eletrônica, notebook, netbook, tablet, leitor de livros digitais (e-reader), palmtop, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica e máquina datilográfica (art. 44, § 5º, da Resolução nº 169/2016).

Sobe Catracas

DANIELY CASTILHO, fisiculturista amazonense

Após ficar no Top 3 do Ms. Olympia, maior show de fisiculturismo do mundo, concorre ao título de 'Melhor competidora profissional do ano'

Sobe Catracas

MIKAIL IWANON, jogador de xadrez

Amazonense é o único representante do Norte no Campeonato Nacional de Xadrez, no Rio Grande do Norte

Desce Catracas

ONYX LORENZONI, ministro da Casa Civil

Comparou o risco que crianças correm, ao pais terem uma arma de fogo em casa, ao de ter um liquidificador

Desce Catracas

JOAQUIM CORADO, prefeito de Amaturá

Apesar de constatar irregulariades na aplicação de recursos de convênios em gestão passada não sabe se vai denunciar ex-prefeito

BASTIDORES