DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/07/2018

Empresa de ônibus capacita motoristas e cobradores para melhorar atendimento

Via Verde Transportes que atende todas as zonas de Manaus desenvolve “Parada do Conhecimento”

Empresa de ônibus capacita motoristas e cobradores para melhorar atendimento Uma iniciativa educacional, que tem como objetivo treinar, desenvolver e capacitar os motoristas e cobradores

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Desde o fim do mês de Junho, a empresa de ônibus Via Verde Transportes Coletivos, que atende todas as Zonas da capital amazonense, colocou em ação a “Parada do Conhecimento”, uma iniciativa educacional, que tem como objetivo treinar, desenvolver e capacitar os motoristas e cobradores da Via Verde, através de um ônibus equipado com computadores, televisão e outros acessórios. O projeto é resultado de uma análise das principais reclamações do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) da empresa, onde se constatou que a maioria das reclamações eram referentes a atendimento, postura, conduta e ausência de informações complementares.

 

Motoristas e Cobradores já estão participando de cursos e palestras como “Excelência de Atendimento ao Cliente”, “Trabalho em Equipe”, “Eficiência na Operacionalização” e “Como Agir em Caso de Violência Urbana”, sendo que nos próximos quatro (04) meses, a estimativa é que mais de novecentos (900) funcionários da empresas passem por este treinamento.

 

Segundo o Diretor da Via Verde, Paulo Oliveira, a proposta da “Parada do Conhecimento” se estabeleceu para que o usurário do transporte coletivo Via Verde receba um serviço de qualidade. “A finalidade de oferecer este treinamento específico aos motoristas e cobradores, é para que eles tenham um suporte adequado de como agir durante o trabalho.

 

Conhecimento é essencial para todos nós, e certamente, com nossos funcionários recebendo treinamentos periódicos, um serviço de excelência será oferecido aos clientes e amigos da Via Verde”, explica o Diretor.

 

Outro diferencial da “Parada do Conhecimento” é a presença de uma biblioteca virtual no interior do ônibus, que por meio de um QR CODE, o funcionário tem acesso a diversos livros diretamente do smartphone.

 

Sobe Catracas

SIDNEY COELHO, ex-presidente da CGL

TCE aprovou as contas dele referentes a 2017, quando esteve à frente da Comissão Geral de Licitação (CGL) no Amazonas

Desce Catracas

LUIZ CASTRO, secretário de Educação do AM

Fez dispensa de licitação de R$ 32 milhões da merenda escolar e presidente do TCE mandou cancelar certame