DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/07/2018

Comitê de Combate à Corrupção no AM realiza curso sobre Propaganda e Prestação de Contas

Curso é gratuito e ocorrerá no próximo dia 18 de julho

 Comitê de Combate à Corrupção no AM realiza curso sobre Propaganda e Prestação de Contas Foto: Divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O  Comitê Estadual de Combate à Corrupção Eleitoral e ao Caixa Dois vai promover, de forma gratuita, o curso sobre Propaganda Eleitoral e Prestação de Contas Eleitorais. Será no próximo dia 18 de julho, a partir das 19h, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB/AM.

 

Com 03 horas de duração, o curso será ministrado pelo promotor eleitoral Flávio Mota, do Ministério Público do Estado - MPE e, pelo contado e professor  Júlio Ramon, do  Conselho Regional de Contabilidade - CRC/AM . A didática será simples e direta, voltada a entendimento dos aspectos legais e práticos em uma prestação de conta eleitoral, bem como repassará, com exemplos práticos obtidos a cada eleição, a legislação responsável pelo ordenamento da propaganda eleitoral no país.

 

O curso será aberto aos cidadãos em geral, pré-candidatos, dirigentes partidários, advogados, contadores, administradores, jornalistas, dentre outros. As inscrições poderão ser realizadas no site: WWW.CRCAM.ORG.BR ou no dia e local do evento. 

 

O comitê é formado pela OAB/AM, Cnbb, CRC/AM, Corecon, CRA/AM, Sindicato dos Jornalistas/AM, Mcce, FENAJ e Sindicato dos Fazendários/AM.

Sobe Catracas

NÉLIA CAMINHA, desembargadora

Foi reconduzida ao cargo de presidente da 3ª Câmara Cível do TJAM, por aclamação, para mais dois anos, até 2020

Sobe Catracas

JOÃO BARROSO, procurador geral do MPC

Tomou posse hoje (16) como procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC) para o biênio 2018-2020

Desce Catracas

MARÍLIA MENDONÇA, cantora sertaneja

MP recomendou que artista não cante no aniversário de Coari sob pena de incorrer improbidade administrativa 

Desce Catracas

ROBERTO TADROS, presidente da Fecomércio-AM

Matéria da Folha de SP aponta fragilidade e baixa rotatividade na federação do AM, por dirigente estar a 32 anos no cargo

BASTIDORES