DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/07/2018

Bancada do AM no Senado derruba decreto de Temer que ameaçava ZFM

#VÍDEOS Decreto de Temer ameaçava 20 mil empregos na ZFM; senadores do AM comemoram e gravaram vídeos

Senador Omar Aziz, líder da bancada do AM no Congresso

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (10/07) projeto que revoga o decreto do presidente Michel Temer que reduziu de 20% para 4% as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre a produção do Polo Concentrados de Refrigerantes e que colocava em risco o Modelo da Zona Franca de Manaus. A proposta foi apresenta pelos senadores Omar Aziz (PSD/AM), Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) e Eduardo Braga ( MDB/AM). A matéria contou com 29 votos favoráveis, 10 contrários e seis abstenções. O projeto segue, agora, para a Câmara dos Deputados. 

 

Após a vitória no plenário, os senadores amazonenses gravaram vídeos nas redes sociais dando as boas novas a população do Estado. “ Acabamos de aprovar o decreto legislativo que derruba o decreto do presidente Temer que tirava a vantagem competitiva. Quero agradecer a todos os senadores que nos ajudaram a derrubar o decreto ofensivo a competividade da Zona Franca de Manaus e que era ilegal. O presidente tem que respeitar o povo amazonense”, afirmou o senador Omar Aziz, líder da bancada amazonense no Congresso.

 

 “Com certeza, é uma vitória da Zona Franca, dos trabalhadores e agricultores de Maués, Boa Vista do Ramos, Barreirinha e Urucará – que plantam guaraná e vendem para o polo de concentrados. É uma vitória daqueles também que plantam cana de açúcar e produzem açúcar mascavo no interior do estado”, afirmou o senador, que agradeceu o apoio dos demais integrantes do Senado. “É uma vitória do Brasil pela segurança jurídica constitucional e tributária”, festejou Eduardo Braga.

 

“O governo sabendo que não ia ganhar retirou senadores daqui. Nós conseguimos colocamos os 46 senadores. Foi uma derroa acachapante para o Temer”, disse a senadora Vanessa, ao fazer uma live em sua página com a participação de vários outros senadores. “ Fora Temer e viva a Zona France de Manaus”, completou a senadora comunista.

 

O decreto do presidente Temer comprometia 20 mil empregos, entre diretos e indiretos, gerados pelas 31 empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM).

Sobe Catracas

SIDNEY COELHO, ex-presidente da CGL

TCE aprovou as contas dele referentes a 2017, quando esteve à frente da Comissão Geral de Licitação (CGL) no Amazonas

Desce Catracas

LUIZ CASTRO, secretário de Educação do AM

Fez dispensa de licitação de R$ 32 milhões da merenda escolar e presidente do TCE mandou cancelar certame