DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/06/2018

Cartilha orienta sobre propaganda eleitoral na internet

Cartilha está disponível em vídeo e pdf, no site do TSE

Cartilha orienta sobre propaganda eleitoral na internet Foto: Reprodução

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - Quem acompanha as redes sociais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ganhou, nesta terça-feira (12), uma ajuda para esclarecer dúvidas sobre a propaganda eleitoral na internet.

 

As informações constam de uma cartilha interativa que traz as principais regras a serem seguidas, nas eleições deste ano, por partidos e candidatos interessados em obter apoio de eleitores no meio virtual.

 

A partir das informações fornecidas, os interessados poderão entender melhor, por exemplo, as normas para o impulsionamento de publicações no Facebook e Instagram. A ação é permitida no período eleitoral, mas deve ser contratada diretamente por meio das plataformas de mídias sociais, de acordo com a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997).

 

O uso estratégico – e pago – de ferramentas em busca de maior visibilidade também é uma forma de impulsionamento permitida pela legislação. A informação também consta do material preparado pelo TSE.

 

O conteúdo foi distribuído pela plataforma SlideShare e pode ser baixado em formato de apresentação. Também é possível acessar uma versão em PDF interativo, que permite clicar nos botões com o tema escolhido para ser direcionado ao resumo de cada assunto.

 

Útil para candidatos a cargos eletivos e profissionais de comunicação digital, o material é importante também para os eleitores, que poderão conhecer as regras para saber se seus candidatos estão promovendo suas campanhas dentro do que estabelece a lei.

 

Acesse nesses links o conteúdo da cartilha em vídeo  e em PDF.

 

Sobe Catracas

SÉRGIO ANDRADE, cineasta amazonense

Longa-metragem dele "A Terra Negra dos Kawa" vai participar dos dois principais festivais de cinema do país, no Rio e em São Paulo

Sobe Catracas

ANTHONY DE OLIVEIRA, estudante

Aluno de escola municipal de Manaus, conquistou 2º lugar nas Olimpíadas Brasileiras de Astronomia e Astronáutica (OBA)

Desce Catracas

PEDRO GARCIA, ex-prefeito de São Gabriel da Cachoeira

Justiça Federal determinou bloqueio de R$ 540 mil em bens e valores da conta bancária dele por improbidade administrativa 

Desce Catracas

ALESSANDRA BRAGA, delegada de Codajás

Foi presa acusada de envolvimento com tráfico de drogas e corrupção no município 

BASTIDORES