DeAmazônia

MENU
Atualizado em 12/06/2018

Vereador Plínio Valério através de projeto de lei busca conscientizar sobre uso de água potável

Objetivo é fazer com que os estabelecimentos usem sistemas que controlem o uso da água e por meio de fiscalização

Vereador Plínio Valério através de projeto de lei busca conscientizar sobre uso de água potável Vereador de Manaus, Plínio Valério. Foto: divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS - O Projeto de lei N° 149/2018  entrará em vigor a partir da  data de sua publicação, para conter o uso desnecessário de água, economizando-a. O Projeto na tela é voltado para a lavagem de veículos em vias públicas e lava jato e também em outras providências, com a finalidade de conscientizar sobre o uso correto da água e evitar o seu fim.

 


O principal objetivo do projeto é fazer com que os estabelecimentos usem sistemas que controlem o uso da água e por meio de fiscalização, conter o uso abusivo. Além de outras fontes de desperdício que podem ser evitadas, como tubos e conexões soltos, o uso de mangueiras e máquinas de pressão a jato de maneira descontrolada.

 

Dessa maneira, o uso indevido na prática de lavagens de automóveis e calçadas se torna proibido, caso contrário, o infrator terá que pagar multa no valor de cinco UFM’s ao Poder Público Municipal através do orgão correspondente. E fica por responsabilidade do Poder Executivo, aplicar as multas e advertências com notificação e informar as fiscalizações.

 

O executivo municipal ficará responsável pelas campanhas publicitárias, orientando uso continuo e a importância da economia de água por meio de ações educativas em escolas, praças públicas e na mídia em geral, já que a prática de lavar carros e calçadas seja comum, uma lei como essa  acaba se tornando importante para conscientizar sobre o desperdício de água potável.

Sobe Catracas

MAURO CAMPBELL, ministro do STJ

Amazonense completou uma década à frente do Tribunal, com a marca de 150.450 mil processos julgados 

 

 

Sobe Catracas

ELIANE FERREIRA, presidente do Partido Verde

Foi nomeada secretária de Estado de Assistência Social (Seas), pelo governador Amazonino Mendes

Desce Catracas

KÁTIA HELENA, secretária da Educação do AM

Secretaria fechou contrato no valor de R$ 4,2 milhões, sem licitação, para aluguel de imóvel onde vai funcionar uma escola 

Desce Catracas

BETO D'ANGELO, prefeito de Manacapuru

TCE suspendeu processo seletivo do Instituto Municipal de Transporte (Imtrans), por várias irregularidades no edital

BASTIDORES