DeAmazônia

MENU
Atualizado em 04/06/2018

GAUDÊNCIO TORQUATO #Mocinho agora é bandido

GAUDÊNCIO TORQUATO #Mocinho agora é bandido

Mais de 250 técnicos que atuarão na coleta dos dados do Censo Escolar da Educação Básica deste ano serão capacitados durante o 11º Encontro Estadual do Censo da Educação Básica 2018, evento organizado pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas (Seduc).

 

O encontro terá início na terça-feira, dia 5 de junho, a partir das 8h, no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE/AM), localizado na Avenida Efigênio Salles, nº 1155, no bairro Aleixo, zona centro-sul de Manaus e seguirá até a quinta-feira (07/06).

 

O Censo Escolar é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica, coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e realizado em regime de colaboração entre as Secretarias de Estaduais e Municipais de Educação.

 

A capacitação dos técnicos (coordenadores e multiplicadores), que inclui profissionais que atuam nas redes pública estadual, municipal e privada de ensino, será marcada por palestras e oficinas relacionadas com o sistema Educacenso.

 

O objetivo é formar técnicos para multiplicar conhecimentos adquiridos aos gestores e secretários de escolas, a fim de realizar, com mais precisão, o Censo Escolar da Educação Básica no Estado do Amazonas. O evento será transmitido via Centro de Mídias de Educação (Cemeam) a todos o interior do Estado.

 

Após a abertura do evento, os técnicos serão divididos em equipes. Serão quatro salas de aula e um laboratório de informática na Escola de Contas do TCE/AM com informações simultâneas de como os técnicos podem melhor fazer a coleta dos dados, que inicia ainda no mês de junho e segue durante o ano.

 

Uma das coordenadoras do evento na Seduc, Darlene Guimarães, informou que a proposta do evento é garantir uma maior qualidade da coleta das informações do censo. “Tem como objetivo primar pela qualidade das informações prestadas dentro do sistema Educacenso, porque esses dados servirão de base para nortear todas as políticas públicas e também os repasses dos programas federais, como transporte escolar, merenda, livro didático, fardamento, construções de escolas, formação de docentes, entre outros”, explicou.

 

Aplicativo Censo Localiza

Uma das novidades da edição do censo deste ano, segundo a Seduc, é o aplicativo Censo Localiza, que será utilizado para registro da localização geográfica das escolas do Censo Escolar da Educação Básica. O aplicativo estará disponível para os sistemas operacionais Android e iOS.

 

“Esse aplicativo é restrito aos perfis de super-usuários e executores no sistema Educacenso. São os técnicos da coordenação do Censo Escolar, coordenadores do censo nas redes municipais e os secretários das escolas públicas e privadas.”, afirmou Guimarães.

 

Programação - No primeiro dia do evento, serão apresentados os estudos realizados com base nos dados do Censo Escolar 2017, para acompanhamento das metas definidas nos Planos Municipais e Estadual de Educação. Esse momento contará com a participação de representantes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

 

Nos dias 6 e 7 de junho, serão realizadas oficinas envolvendo todos os campos de coleta do Censo Escolar, tais como: matrícula; cadastro de escola; cadastro de turma; cadastro de aluno; cadastro de docente; módulo de confirmação de matrículas e relatórios gerenciais do Sistema Educacenso. A atividade será coordenada e executada por profissionais das áreas técnicas e pedagógicas da Seduc.

 

Amazonas registra mais de 1 milhão de estudantes

Conforme o último levantamento do Censo Escolar 2017, o Amazonas registrou 1.169.092 estudantes, sendo 466.599 matriculados em escolas da rede estadual, 601.050 em unidades de ensino da rede municipal, 90.571 na rede privada e 10.872 na rede federal de ensino.

 

No que se refere ao número total de estabelecimentos de ensino, ainda segundo os dados do último censo, o Estado possui 5.427 estabelecimentos de ensino, dentre os quais 745 são da rede estadual (incluindo Cetam, Centro de Educação Indígena e Centros rurais por mediação tecnológica), 4.363 da rede municipal, 303 da rede privada e 16 da rede federal.

 

O levantamento apontou ainda que o Estado do Amazonas, no ano passado, contava com 44.811 professores, sendo que 17.517 atuavam nas unidades de ensino da rede estadual, 28.597 na rede municipal, 4.717 na rede privada e 909 na rede federal.

Sobe Catracas

MILTON HATOUM, escritor amazonense

Está na semifinal do Prêmio Oceanos, um dos principais troféus literários da língua portuguesa, com o livro "A Noite da Espera"

Sobe Catracas

MOURÃO JÚNIOR, presidente do Corecon-AM

Economistas do Amazonas foram homenageados com placa comemorativa na Aleam, pelo Dia do Economista

Desce Catracas

SIMONE DIAS, enfermeira

SPA Danilo Corrêa, em Manaus, teve as contas reprovadas referente a 2016, ano que ela era diretora, e foi multada em R$ 8 mil

Desce Catracas

ADENILSON REIS, prefeito de Nova Olinda do Norte

TCE-AM suspendeu novamente contrato firmado por ele com empresa, para show da cantora Joelma, no município, em outubro

BASTIDORES