DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/05/2018

Testes rápidos de DSTs são oferecidos em unidades de saúde de Manaus

Testes rápidos são realizados em 147 UBSs e na Maternidade Moura Tapajóz

Testes rápidos de DSTs são oferecidos em unidades de saúde de Manaus Os testes são ofertados para todos os públicos.. Foto: Reprodução

DEAMAZÔNIA MANAUS - O diagnóstico precoce de doenças sexualmente transmissíveis como HIV, sífilis e as hepatites está tendo acesso cada vez mais facilitado pela Prefeitura de Manaus.  Disponibilizado gratuitamente, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), os testes rápidos são realizados em 147 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e na Maternidade Moura Tapajóz, neste caso, especificamente para o público interno, mulheres e mães. Os resultados são liberados, em média, uma hora após a realização do teste. Os endereços das unidades estão disponíveis no link http://bit.ly/2IC8YTc

 

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, destaca que o combate a essas doenças está na prevenção e no diagnóstico precoce. “A ampliação do acesso da população às ações de promoção da saúde e detecção precoce das principais Infecções Sexualmente Transmissíveis, em locais estratégicos ou de difícil acesso, é uma das marcas da gestão. Desde 2013, a Semsa vem aumentando a oferta desses testes, inclusive em dias e horários alternativos ao funcionamento das Unidades Básicas de Saúde”, lembra Magaldi.

 

Além disso, há quase um ano a Semsa disponibiliza uma Unidade Móvel de Aconselhamento e Testagem Rápida para HIV, Sífilis e Hepatites, um micro-ônibus adaptado, com ambiente interno climatizado e espaços para realização das atividades de aconselhamento pré-teste, testagem e aconselhamento pós-teste e, ainda, atividades de mobilização social e educação em saúde.

 

Os testes são ofertados para todos os públicos. Menores de 18 anos devem ser acompanhados pelos pais ou responsáveis. Para a realização da testagem nas UBSs, é necessário agendar o atendimento. No caso das unidades de horário ampliado, o critério é a ordem de chegada.

 

Além da transmissão através do contato sexual com a pessoa infectada sem o uso do preservativo, no caso do HIV existem outras formas de contágio: contato direto com sangue contaminado por meio de seringas, agulhas e transfusões sanguíneas ou da mãe infectada com o vírus para o filho durante a gravidez, o parto e aleitamento.

 

Nos casos positivos, pacientes diagnosticados com HIV são encaminhados para um dos Serviços de Atenção Especializada (SAE); os pacientes com hepatite são encaminhados para a Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado e, os pacientes com sífilis podem ser tratados diretamente na UBSs. Localização dos SAEs no link http://bit.ly/2IC9wIK

Sobe Catracas

RONAN MARINHO, artista parintinense

Idealizado por ele, projeto de animação audiovisual infantil, dos bois Garantido e Caprichoso, em formato Kids, será lançado em dezembro

Desce Catracas

HERIVÂNEO SEIXAS, prefeito de Humaitá

Concurso público da Prefeitura foi suspenso pela Justiça, após contratação de Instituto suspeito, para organizar o certame