DeAmazônia

MENU
Atualizado em 26/04/2018

PM apreende mais de uma tonelada de pescado, em Santarém

Foi constatado que a carga não tinha procedência legal e parte da carne estava estragada

PM apreende mais de uma tonelada de pescado, em Santarém Foto: Reprodução

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, AM - Uma carga de 1.200 quilos de pirarucu sem procedência foi apreendida na manhã desta terça-feira (24), pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Polícia Militar (PM) e Vigilância Sanitária (VS).

 

Após denúncia anônima e avaliação de técnicos da Vigilância Sanitária, foi constatado que a carga não tinha procedência legal e estava mal acondicionada com parte da carne estragada.

 

Conforme o chefe de fiscalizações da Semma, Arlem Lemos, o responsável pelo carregamento foi notificado. "O dono do material disse que trouxe o peixe de Tefé (AM), mas não apresentou a origem e nem guia de trânsito interestadual do pescado, podendo pagar multa que varia entre 700 a 100 mil reais por fração o quilo apreendido".

 

De acordo com a instrução normativa nº 34, de 18 de junho de 2004, do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA), é proibida a pesca e transporte do pirarucu, cujo nome científico é Arapaima gigas, na Bacia Hidrográfica do Rio Amazonas. Toda a carga foi descartada no aterro sanitário do município, localizado na comunidade Perema, às margens da rodovia estadual Santarém Curuá-Una (PA-370), na altura do quilômetro 15.

Sobe Catracas

TALITA AVELINO, chocolatier amazonense

Representou o Amazonas, na feira gastronômica Fartura Brasil, que aconteceu em São Paulo 

Sobe Catracas

SABRINA MOURA, atleta de jiu-jitsu

Amazonense ganhou medalha de ouro na categoria absoluto do Campeonato Norde-Nordeste, em Pernambuco 

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos

Alunos da Zora Rural estão indo para aula em jaulas, adaptadas na carroceria de veículos de empresa contratada para fazer o transporte escolar

Desce Catracas

CARLOS ALBERTO DE SOUZA, ex-procurador geral do MPC

MP-AM instaurou inquérito para investigar suposto enriquecimento ilícito dele 

BASTIDORES