DeAmazônia

MENU
Atualizado em 26/04/2018

PM apreende mais de uma tonelada de pescado, em Santarém

Foi constatado que a carga não tinha procedência legal e parte da carne estava estragada

PM apreende mais de uma tonelada de pescado, em Santarém Foto: Reprodução

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, AM - Uma carga de 1.200 quilos de pirarucu sem procedência foi apreendida na manhã desta terça-feira (24), pela Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Polícia Militar (PM) e Vigilância Sanitária (VS).

 

Após denúncia anônima e avaliação de técnicos da Vigilância Sanitária, foi constatado que a carga não tinha procedência legal e estava mal acondicionada com parte da carne estragada.

 

Conforme o chefe de fiscalizações da Semma, Arlem Lemos, o responsável pelo carregamento foi notificado. "O dono do material disse que trouxe o peixe de Tefé (AM), mas não apresentou a origem e nem guia de trânsito interestadual do pescado, podendo pagar multa que varia entre 700 a 100 mil reais por fração o quilo apreendido".

 

De acordo com a instrução normativa nº 34, de 18 de junho de 2004, do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA), é proibida a pesca e transporte do pirarucu, cujo nome científico é Arapaima gigas, na Bacia Hidrográfica do Rio Amazonas. Toda a carga foi descartada no aterro sanitário do município, localizado na comunidade Perema, às margens da rodovia estadual Santarém Curuá-Una (PA-370), na altura do quilômetro 15.

Sobe Catracas

FRANK FRANCO, lutador de jiu jitsu

Amazonense conquistou medalha de ouro no Open Internacional, em Salvador

Sobe Catracas

CÉLIO SAID, fotógrafo amazonense

Lançou livro de fotografias, intitulado "Teatro Amazonas", onde homenageia o maior patrimônio histório do Estado 

Desce Catracas

ARTUR NETO, prefeito de Manaus

Passou vexame ao tentar negociar desobstrução de via pública com caminhoneiros de Manaus

Desce Catracas

HELSO DO CARMO, advogado

Teve candidatura a desembargador do TJAM impugnada pela Comissão Eleitoral da OAB 

BASTIDORES