DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/04/2018

MP-AM investiga ex-prefeito de Codajás por desvio de R$ 350 mil

Os valores seriam destinados para a Festa do Cupuaçu e para o asfaltamento da cidade

 MP-AM investiga ex-prefeito de Codajás por desvio de R$ 350 mil Ex-prefeito de Codajás, Agnaldo Dantas.

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) instaurou dez inquéritos civis para investigar a gestão do ex-prefeito do município de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus), Agnaldo Dantas, pelo desvio de quase R$ 350 mil. Os valores teriam sido repassados ao prefeito para o asfaltamento da cidade, no ano de 2011, e para a realização da festa do Açaí, em 2010, pelo Governo do Estado.

 

Os inquéritos instaurados pelo promotor de Justiça, Gerson de Castro Coelho, por meio da portaria 1268/2017, vão investigar além do prefeito, o Conselho Municipal de Saúde e a Câmara Municipal de Codajás.

 

O inquérito civil público de nº 003.2018 instaurado no dia 7 de março deste ano, vai investigar o suposto desvio de R$ 249, 577 mil, liberados de convênio firmado em julho de 2011 entre a Prefeitura de Codajás e a Secretaria de Infraestrutura do Estado do Amazonas (Seinfra), para a melhoria do sistema viário do município.

 

O MP também apura um convênio junto ao Governo do Amazonas, no valor de R$ 100 mil, destinados a festa do Açaí de 2011. Não há informações sobre a liberação dos valores.

Sobe Catracas

LUPERCINO DE SÁ, desembargador

Foi homenageado pela Aleam com a Medalha da Ordem do Mérito Legislativo

Sobe Catracas

SÉRGIO FONTES, delegado da Polícia Federal

Recebeu diploma de "Cidadão Benemérito" pela Câmara Municipal de Manaus

Desce Catracas

ROMEIRO MENDONÇA, prefeito de Presidente Figueiredo

TJAM pode intervir na Prefeitura até o fim do mês por não pagamento de precatórios de direito trabalhistas à servidores municipais

Desce Catracas

GABRIELE DIAS, cerimonialista

72 alunos de escola pública de Manaus ficaram sem festa de formatura após ela receber dinheiro e não pagar o salão de festas

BASTIDORES