DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/04/2018

MP-AM investiga ex-prefeito de Codajás por desvio de R$ 350 mil

Os valores seriam destinados para a Festa do Cupuaçu e para o asfaltamento da cidade

 MP-AM investiga ex-prefeito de Codajás por desvio de R$ 350 mil Ex-prefeito de Codajás, Agnaldo Dantas.

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) instaurou dez inquéritos civis para investigar a gestão do ex-prefeito do município de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus), Agnaldo Dantas, pelo desvio de quase R$ 350 mil. Os valores teriam sido repassados ao prefeito para o asfaltamento da cidade, no ano de 2011, e para a realização da festa do Açaí, em 2010, pelo Governo do Estado.

 

Os inquéritos instaurados pelo promotor de Justiça, Gerson de Castro Coelho, por meio da portaria 1268/2017, vão investigar além do prefeito, o Conselho Municipal de Saúde e a Câmara Municipal de Codajás.

 

O inquérito civil público de nº 003.2018 instaurado no dia 7 de março deste ano, vai investigar o suposto desvio de R$ 249, 577 mil, liberados de convênio firmado em julho de 2011 entre a Prefeitura de Codajás e a Secretaria de Infraestrutura do Estado do Amazonas (Seinfra), para a melhoria do sistema viário do município.

 

O MP também apura um convênio junto ao Governo do Amazonas, no valor de R$ 100 mil, destinados a festa do Açaí de 2011. Não há informações sobre a liberação dos valores.

Sobe Catracas

CLEINALDO COSTA, reitor da UEA

Nos últimos meses, Universidade abriu número expressivo de vagas para cursos e concursos públicos

Desce Catracas

MANO DADAI, vereador de Santarém (PA)

Justiça condenou ele a perda do mandato e oito anos de prisão, na Operação Perfuga, por associação criminosa e peculato