DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/04/2018

BBB18: 'Se eu sair, eu quero que você ganhe', diz Kaysar para Gleici

Kaysar e Gleici são os grandes favoritos ao prêmio de R$ 1,5 milhão

BBB18: 'Se eu sair, eu quero que você ganhe', diz Kaysar para Gleici Kaysar conversou com Gleici após ser emparedado contra Breno - Divulgação Globo

Correndo risco de ser eliminado do BBB 18 nesta terça (17) no paredão contra Breno, Kaysar fez um discurso motivador para Gleici, logo após deixar a prova do líder neste domingo (15).
 

No banheiro, enquanto Kaysar estava se lavava para tirar a sujeira da prova, ele disse que torcerá por Gleici se deixar o programa. "Se você ficar até o final você ganha. Se eu sair, eu quero que você fique até o final, que você ganhe."

 
 
 
 A acreana respondeu dizendo que ele não sairia da casa, no que o sírio insistiu que, caso acontecesse, ela teria sua torcida até o final. "De verdade, não é blablabla. Estou te apontando um dedo agora, é uma ordem! Se você não ganhar, eu vou cobrar de você no dia da festa. Vão ter mais provas, você fica e luta até o final", afirmou.
 

À PROVA DE BALAS

Depois de 43 horas, a prova de resistência que daria a Imunidade foi encerrada pela produção do programa, que alegou preocupação com a saúde dos participantes. Kaysar e Ana Clara ganharam um carro 0km cada e precisaram decidir quem teria a imunidade na conversa.

 

Depois de diversas discussões ao longo do dia, os participantes são chamados ao vivo pelo apresentador Tiago Leifert para decidir a imunidade. Com um discurso sobre paciência, resiliência e coragem, Kaysar abdicou da imunidade.

 

"Eu já arrisquei tanto na minha vida. Se eu for levar mais uma bala na minha vida será mais uma cicatriz no meu corpo. Já estou acostumado. Tomara que a minha decisão deixe minha mãe feliz, se não vou ficar com o coração quebrado."

F5 -  FOLHA DE SÃO PAULO

Sobe Catracas

CLEINALDO COSTA, reitor da UEA

Nos últimos meses, Universidade abriu número expressivo de vagas para cursos e concursos públicos

Desce Catracas

MANO DADAI, vereador de Santarém (PA)

Justiça condenou ele a perda do mandato e oito anos de prisão, na Operação Perfuga, por associação criminosa e peculato