DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/04/2018

Morre aos 81 anos, Oscarino Varjão, criador do boneco Peteleco

Oscarino teve parada cardíaca neste domingo (15)

Morre aos 81 anos, Oscarino Varjão, criador do boneco Peteleco Oscarino Farias e seu boneco Peteleco. Foto: reprodução internet

MANAUS - O criador do boneco Peteleco, Oscarino Varjão, faleceu aos 81 anos neste domingo (15) após uma parada cardiorrespiratória. Internado desde sexta-feira, o ventríloquo marcou a história cultural do amazonas ao criar o boneco há mais de 60 anos. Em 2017, a dupla foi tema do documentário ‘Oscarino e Peteleco’, de Anderson Mendes. No curta, “Eles falam sobre saúde, morte e, principalmente, amizade. O documentário traz esse sentimento de nostalgia e vai fazer muita gente se emocionar”, afirma o diretor.

 

Segundo Anderson Mendes, a doença já era uma realidade recorrente para Oscarino, ainda na fase de pré-produção, em 2015, o diretor presenciou idas ao hospital. 

 

Esses problemas de saúde fizeram a produção se adaptar diversas vezes a contratempos surgidos inesperadamente. “Tinha dias que estávamos prontos e ele tinha que ir no médico de última hora ou não estava bem. Ultimamente, ele já vinha até desmarcando algumas apresentações. O Oscarino estava muito preocupado achando que não teria como realizar esse show no Teatro. Acompanhamos essa situação de perto e até o estimulamos a fazer o show, pois, a simples presença deles no palco já diverte o público e também é através dessas apresentações que ele sustenta a família. No fim, rolou uma surpresa com bolo de aniversário e o público aplaudindo de pé a dupla”, afirmou o documentarista.

Sobe Catracas

EVERTY SANDRO PEREIRA, delegado de Polícia

Assumiu como novo delegado titular do 3º DIP de Parintins 

Sobe Catracas

GISELE PASCARELLI, advogada

Toma posse hoje (22) como nova desembargadora eleitoral no TRE-AM, em vaga destinada à Classe dos Advogados

Desce Catracas

CHICO DOIDO, prefeito de Iranduba

Votação da CMI que pode cassar mandato dele, por suspoto desvio de mais de R$ 4 milhões, deve acontecer nos próximos dias

Desce Catracas

APARECIDO SILVA, prefeito de Rurópolis (PA)

Justiça do Pará condenou ele a perda dos direitos políticos e a pagar multa de R$ 15 mil, por não prestar contas de convênios federais em 2009

BASTIDORES