DeAmazônia

MENU
Atualizado em 16/04/2018

Morre aos 81 anos, Oscarino Varjão, criador do boneco Peteleco

Oscarino teve parada cardíaca neste domingo (15)

Morre aos 81 anos, Oscarino Varjão, criador do boneco Peteleco Oscarino Farias e seu boneco Peteleco. Foto: reprodução internet

MANAUS - O criador do boneco Peteleco, Oscarino Varjão, faleceu aos 81 anos neste domingo (15) após uma parada cardiorrespiratória. Internado desde sexta-feira, o ventríloquo marcou a história cultural do amazonas ao criar o boneco há mais de 60 anos. Em 2017, a dupla foi tema do documentário ‘Oscarino e Peteleco’, de Anderson Mendes. No curta, “Eles falam sobre saúde, morte e, principalmente, amizade. O documentário traz esse sentimento de nostalgia e vai fazer muita gente se emocionar”, afirma o diretor.

 

Segundo Anderson Mendes, a doença já era uma realidade recorrente para Oscarino, ainda na fase de pré-produção, em 2015, o diretor presenciou idas ao hospital. 

 

Esses problemas de saúde fizeram a produção se adaptar diversas vezes a contratempos surgidos inesperadamente. “Tinha dias que estávamos prontos e ele tinha que ir no médico de última hora ou não estava bem. Ultimamente, ele já vinha até desmarcando algumas apresentações. O Oscarino estava muito preocupado achando que não teria como realizar esse show no Teatro. Acompanhamos essa situação de perto e até o estimulamos a fazer o show, pois, a simples presença deles no palco já diverte o público e também é através dessas apresentações que ele sustenta a família. No fim, rolou uma surpresa com bolo de aniversário e o público aplaudindo de pé a dupla”, afirmou o documentarista.

Sobe Catracas

JOMAR FERNANDES, desembargador do TJAM

Passou a integrar o Conselho de Magistratura do AM representando as Câmaras Criminais do Tribunal 

Sobe Catracas

NÉLIA CAMINHA, desembargadora

Foi reconduzida ao cargo de presidente da 3ª Câmara Cível do TJAM, por aclamação, para mais dois anos, até 2020

Desce Catracas

ARAILDO CARECA, prefeito de Santa Izabel do Rio Negro

Justiça do AM bloqueou R$100 mil em bens dele, após denúncia do MP-AM, de que teria direcionado licitação de R$3 milhões para empresa de parente

Desce Catracas

ILISEU 'BAT', ex-presidente da Câmara de Coari

TCE reprovou as contas da Câmara Municipal referentes ao ano de 2016 e ele terá que devolver R$ 2,2 milhões aos cofres 

BASTIDORES