DeAmazônia

MENU
Atualizado em 15/04/2018

Jota Quest emociona o público em show acústico no Teatro Amazonas

Apresentação faz parte da turnê que comemora os 20 anos da banda

Jota Quest emociona o público em show acústico no Teatro Amazonas A banda mineira Jota Quest se apresentou, pela primeira vez, no palco do Teatro Amazonas- FOTOS: MICHAEL DANTAS/SEC

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Na noite do último sábado (14/04), a banda mineira Jota Quest se apresentou, pela primeira vez, no palco do Teatro Amazonas e emocionou o público nas duas sessões do show “Acústico Jota Quest – Músicas para cantar junto”, que marca os 20 anos de carreira do grupo.

 

Em quase duas horas de show, a banda apresentou um repertório cheio de sucessos como “Dias melhores”, “O que eu também não entendo”, “Encontrar alguém”, “Amor maior”, “Fácil” e “O vento”; além das novas canções do repertório, dentre elas “Pra quando você lembrar de mim”, carro-chefe do acústico; e “Você precisa de alguém”, parceria com Marcelo Falcão.

Jota Quest  (9)

Após tocar as primeiras músicas, o vocalista Rogério Flausino falou que estava realizando um sonho ao cantar no Teatro Amazonas, um dos principais palcos do mundo. “Era um sonho de todos da banda tocar aqui um dia. Conhecemos o Teatro em 2011, em uma de nossas passagens por Manaus. Tivemos a oportunidade de visitar e ficamos encantados! Desde então tínhamos vontade de tocar aqui, mas com aquele nosso show barulhento não dava”, brincou o vocalista. “Tivemos que esperar um pouquinho, mas, agora, com esse formato acústico, que combina com o teatro, chegou o grande dia”, comemorou.

 

Sobre o show acústico, também uma novidade para a banda, Rogério diz ser um desafio. “Depois de tanto tempo na estrada, precisamos de novos desafios artísticos para a gente fazer coisas novas. E o acústico é isso pra gente, mudou o formato do show, o jeito de se comportar no palco, os arranjos mudaram, é um jeito novo de tocar para uma galera que, inicialmente, está sentada. Tudo é diferente, ainda mais que nossos shows sempre foram muito elétricos, radiantes”, comentou.

 

Mas se tratando de Jota Quest, não podia faltar um momento dançante. Ao cantar a música “Mandou bem”, Rogério pediu para a plateia levantar e curtir o som dançando.

 

Abraço coletivo – Um dos grandes momentos da noite foi durante a música “Dentro de um abraço”, quando Flausino pediu novamente que todos levantassem das cadeiras, dessa vez para dar um abraço na pessoa ao lado. “Vamos dar um abraço geral, abrace quem está ao seu lado, não importa se você conhece ou não”, disse. O público atendeu ao pedido e aconteceu um abraço coletivo.  

 

Emoção e romance – A universitária Maria Júlia, 24, viu o show do Jota Quest pela primeira vez e elogiou o formato da apresentação, que deixou o público tão perto da banda. “Foi lindo vê-los pela primeira vez, ainda mais num monumento como o Teatro Amazonas. Me emocionei demais porque eles tocaram todas as músicas que eu mais gosto, como ‘Amor maior’, ‘Encontrar alguém’ e ‘Só hoje”. Foi sensacional!”, disse.

 

O médico Vander Ferreira, 51, levou a esposa para o show e declarou que o romantismo do repertório apresentado pela banda lembrou a época que o casal ainda estava se conhecendo. “Já acompanhamos outros shows do Jota Quest tanto em Manaus como em outras cidades e é sempre muito bom. As músicas são muito românticas e foram muito bem selecionadas para esse show. Nós gostamos muito”, comentou.

 

A atendente Luziane Ferreira, 32, viu a banda ao vivo pela primeira vez. Luziane também nunca havia visitado o Teatro Amazonas. “Foi emocionante. O show deles ficou mais incrível com o Teatro Amazonas, que é um patrimônio lindo. Gostei do início ao fim. Espero visitar mais vezes”.

 

O show “Acústico Jota Quest – Músicas para cantar junto”, no Teatro Amazonas, teve duas sessões, às 20h e às 23h, ambas com ingressos esgotados.

Sobe Catracas

JOSÉ FERREIRA, professor da UFAM

Professor da Faculdade de Ciências Agrárias, recebeu homenagem da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Amazonas (AEAEA)

Sobe Catracas

ARTHUR DOS SANTOS, estudante

Aluno do CETI/Parintins conquistou medalha de ouro na 21ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Desce Catracas

IVON RATES, prefeito de Envira

MP-AM foi à Justiça para que a Prefeitura pare de depositar lixo a céu aberto na cidade, em área próxima à residências

Desce Catracas

PEDRO GARCIA, ex-prefeito de São Gabriel da Cachoeira

Justiça Federal determinou bloqueio de R$ 540 mil em bens e valores da conta bancária dele por improbidade administrativa 

BASTIDORES