DeAmazônia

MENU
Atualizado em 22/03/2018

Sinteam decide acompanhar greve e professores paralisam em todo o AM

Professores recusaram proposta do Governo

Sinteam decide acompanhar greve e professores paralisam em todo o AM Sinteam realizou assembleia em Manaus

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM – O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) decidiu em assembleia geral realizada nesta quinta-feira (22/03) acompanhar a greve geral deflagrada hoje e comandada pela Asprom ( Associação de Professores e Pedagogos). Pela manhã professores de Manaus e do interior já tinha paralisado.

 

A assembleia do Sinteam foi realizada no Atlético Rio Negro Clube, e a decisão saiu por ampla maioria no final da tarde. 

 

Os professores reivindicam 35% de reajuste salarial, mas as proposta do Governo do Estado foi de 4,57%, referente à data-base de 2017.  

 

O Governo vinha negociando com o Sinteam, que é a entidade que representa legalmente a categoria junto Secretaria de Educação do Estado ( Seduc).

 

O Governo do Estado, por meio de nota, lamentou a greve e disse que permanece a disposição da categoria para negociar as reivindicações dos professores.  

 

NOTA DO GOVERNO DO AMAZONAS

O Governo do Amazonas respeita o direito de greve dos servidores e permanece à disposição para negociar, como tem feito ao longo do mês da data base que resolveu cumprir, submisso ao primado da lei. A Secretaria de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) lamenta que alunos fiquem sem aula e que o ano letivo, interrompido, deva ser reposto em período em que os estudantes e os professores costumam estar em férias escolares. 

Sobe Catracas

RONAN MARINHO, artista parintinense

Idealizado por ele, projeto de animação audiovisual infantil, dos bois Garantido e Caprichoso, em formato Kids, será lançado em dezembro

Desce Catracas

HERIVÂNEO SEIXAS, prefeito de Humaitá

Concurso público da Prefeitura foi suspenso pela Justiça, após contratação de Instituto suspeito, para organizar o certame