Sábado, 04 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 20/03/2018

Governo diz que publicidade não tem promoção pessoal, mas seguirá recomendação

MPF recomendou retirada de campanha publicitária

Governo diz que publicidade não tem promoção pessoal, mas seguirá recomendação Governador do Amazonas, Amazonino Mendes

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O governo do Estado, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom) se manifestou a respeito da recomendação do Ministério Público Federal de retirar das campanhas publicidades as frases “Amor e causa pública” e “Arrumando a casa”.

 

Por meio de Nota, o secretário de Comunicação, jornalista Célio Jr, esclarece que em nenhum momento os dois termos foram utilizados para promoção pessoal do governador Amazonino Mendes.

 

“Mesmo tendo absoluta certeza de que não se trata de promoção de cunho pessoal, o governador vai atender a recomendação dentro do princípio do bom relacionamento com os poderes, como sempre manteve”, afirma o secretário.  

Nota sobre recomendação do MPF ao Governo do Amazonas

Em relação à recomendação do Ministério Público Federal (MPF) sobre o uso dos termos “amor à causa pública” e “arrumar a casa”, o secretário de Estado de Comunicação, Célio Alves Rodrigues Júnior, informa que, em nenhum momento, os dois termos foram utilizados para promoção pessoal do governador Amazonino Mendes. Pelo contrário, representam a linha de trabalho do novo governo que pauta o serviço público e o respeito aos amazonenses.  Desta forma, o atual governo não deixará de fazer o que precisa ser feito para arrumar a casa e não vai abrir mão do amor à causa pública, que é o que move o governador a trabalhar no seu quarto mandato.

 

Mesmo tendo absoluta certeza de que não se trata de promoção de cunho pessoal, o governador vai atender a recomendação dentro do princípio do bom relacionamento com os poderes, como sempre manteve. Assim, o Governo deixará de adotar nas próximas campanhas publicitárias, bem como nas assinaturas de todo o seu material de divulgação institucional, os termos “amor à causa pública” e “arrumar a casa”.

Sobe Catracas

CILÉIA MESQUITA, tenente-coronel do Corpo de Bombeiros/PA

É a primeira mulher, em 27 anos, a assumir comando da Defesa Civil do Pará 

Desce Catracas

MÁRIO FILHO, prefeito de Marituba (PA)

Justiça Federal bloqueou R$ 7,4 milhões em bens do prefeito e secretária de educação, por suspeita de desvio de recursos do Fundef