Sábado, 04 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 17/03/2018

Temer decide disputar a reeleição, diz Estadão

Temer já avisou interlocutores que vai defender 'legado'

Temer decide disputar a reeleição, diz Estadão Presidente Michel Temer ( reprodução)

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - O presidente Michel Temer deverá ser candidato a reeleição. Mesmo com apenas 6% de aprovação, por medidas impopulares e um governo envolvido em escândalos, Temer já avisou a interlocutores sua disposição de entrar na disputa. A informação é do site BR18, do Estadão, que será lançado ainda neste domingo (18/03)

 

Fontes em Brasília do DeAMAZÔNIA disseram que a possibilidade de Lula ficar fora do pleito animou o Planalto. 

 

Quando assumiu o governo, com a queda da ex-presidente Dilma, em agosto de 2016, Temer defendeu o discurso de "colocar o país nos trilhos" e descartou a possibilidade de disputar a a reeleição.  As medidas impopulares, como por exemplo, a reforma trabalhista, eram justificadas com o argumento de que não seria candidato a nada.

 

Diferente dos adversários que são obrigados a deixar o cargo no início de abril para disputar a presidência, Michel Temer vai apostar no equilíbrio da economia como bandeira de campanha e levar uma definição até junho. Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados (DEM) e Henrique Meirelles (PSD), ministro da Economia, aliados próximo ao presidente, também são pré-candidatos.

 

Apesar dos 6%, em pesquisa recente do Ibope, o presidente acredita que tem como ganhar musculatura até outubro e melhorar seu desempenho para conquistar simpatia dos brasileiros.

DEAMAZÔNIA.COM.BR

Sobe Catracas

CILÉIA MESQUITA, tenente-coronel do Corpo de Bombeiros/PA

É a primeira mulher, em 27 anos, a assumir comando da Defesa Civil do Pará 

Desce Catracas

MÁRIO FILHO, prefeito de Marituba (PA)

Justiça Federal bloqueou R$ 7,4 milhões em bens do prefeito e secretária de educação, por suspeita de desvio de recursos do Fundef