DeAmazônia

MENU
Atualizado em 12/03/2018

TCE/AM vai divulgar lista mensal de gestores com contas reprovadas

Presidente do TCE vai dar prioridade a julgamento de processos antigos

TCE/AM vai divulgar lista mensal de gestores com contas reprovadas Presidente do TCE, conselheira Yara Lins, quer zerar pauta de julgamentos

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A presidente do TCE, Yara Lins, disse que sua meta é dar celeridade aos trabalhos do Tribunal de Contas e que pretende julgar todos os processos antigos que tramitam há vários anos, sem decisão.

 

A conselheira presidente ressaltou que quer zerar a pauta de processos antigos e deixar somente os casos dos anos de 2016 e 2017 por julgar. “É uma das metas da nossa presidência e também dar satisfação à sociedade de que o trabalho do TCE é célere”, afirmou Yara Lins, em entrevista a Rádio Tiradentes, na manhã desta segunda-feira.

 

A presidente do TCE falou sobre a adoção dessa medida, durante entrevista, a Rádio Tiradentes, na manhã desta segunda-feira (12/03) quando falava do prazo de prestação de contas anual para gestores que encerra no dia 31 de março.

 

Segundo a presidente Yara Lins, todo dia 25 do mês, o Tribunal de Contas do Estado vai divulgar uma lista dos gestores que tiveram suas contas reprovadas, e com isso podem entrar para o rol dos inelegíveis.

 

No início do mês a escola de Contas Pública do TCE ministrou ciclo de palestras para servidores que trabalham com o enviou de prestação de contas de gestores municipais e estaduais.

CONTATO COM A COLUNA BASTIDORES |

deamazonia3@gmail.com

(92) 99229 8831 WhatsApp

DEAMAZONIA.COM.BR

     

Sobe Catracas

MAURO CAMPBELL, ministro do STJ

Amazonense completou uma década à frente do Tribunal, com a marca de 150.450 mil processos julgados 

 

 

Sobe Catracas

ELIANE FERREIRA, presidente do Partido Verde

Foi nomeada secretária de Estado de Assistência Social (Seas), pelo governador Amazonino Mendes

Desce Catracas

KÁTIA HELENA, secretária da Educação do AM

Secretaria fechou contrato no valor de R$ 4,2 milhões, sem licitação, para aluguel de imóvel onde vai funcionar uma escola 

Desce Catracas

BETO D'ANGELO, prefeito de Manacapuru

TCE suspendeu processo seletivo do Instituto Municipal de Transporte (Imtrans), por várias irregularidades no edital

BASTIDORES