DeAmazônia

MENU
Atualizado em 01/03/2018

CARLOS SANTIAGO #Arara linda!

CARLOS SANTIAGO #Arara linda!

De repente nós nos beijamos! Um ato final depois de adoráveis conversas sobre obras literárias e de sorrisos gostosos. Dali pra frente a nossa vida foi uma combinação de pecados, santidades, sonhos, felicidades, conflitos, ousadias e ...

 

Uma mulher amorosa, inteligente, bonita, doce, religiosa e muito solidária. A sua mãe era o exemplo que ela seguia. Nasceu numa família muito humilde, mas com muita perseverança formou-se em letras e mais tarde em direito.

 

Fiquei encantado pela capacidade de ser decidida, pela forma carinhosa como olhava e tocava em mim, por acreditar sempre nas pessoas e desejar vida melhor pra todos. Com ela, aprendi o significado de amar com responsabilidade e ser um homem afável.

 

Moramos juntos. Escolhemos a nossa casa. Pintamos o nosso lar com cores alegres. Plantamos o pinheiro mais lindo da região. Não faltou o pé de coco, além de gramas e as flores vermelhas na decoração do jardim.

 

Esteve comigo, quando eu adoeci, me dando amor e até recurso material. Só não entrei numa depressão porque ela estava lá, mesmo remando contra a maré da vida e da negativa de alguns familiares.

 

Por conta dessas características, eu a chamava carinhosamente de arara linda. Arara azul é uma espécie de ave que nunca abandona aquilo que gosta e é linda e pura por natureza.

 

Eu tinha quase tudo! Mas tinha algo que me faltava. Algo da minha essência: o espírito de liberdade. Alimentado ainda pelo costume de ter vivido por muito tempo sozinho. 

 

Pois bem, ficamos algum tempo distantes. Depois cada um seguiu o seu caminho. Agora, ela acaba de completar 50 anos de idade e tudo isso veio à minha mente. Acho que fui um homem de sorte por tudo que aprendi com ela.

 

Hoje, com meio século de existência, continuo com o espírito de liberdade dentro de mim, mas já consigo administrar. Sei que o melhor caminho é a conciliação entre a liberdade e a partilha de uma vida de casal.

*o autor é sociólogo, analista político e sociólogo

Sobe Catracas

LUPERCINO DE SÁ, desembargador

Foi homenageado pela Aleam com a Medalha da Ordem do Mérito Legislativo

Sobe Catracas

SÉRGIO FONTES, delegado da Polícia Federal

Recebeu diploma de "Cidadão Benemérito" pela Câmara Municipal de Manaus

Desce Catracas

ANTÔNIO ROCHA, presidente da Câmara de Santarém

Foi denunciado pelo MPPA na operação Perfuga por crime de peculato e afastado do cargo de presidente da CMS

Desce Catracas

HÉLIO BESSA, ex-prefeito de Tefé

Foi condenado a devolver 2,5 milhões aos cofres públicos por irregularidades em convênios com o Governo do Estado

BASTIDORES