DeAmazônia

MENU
Atualizado em 15/01/2018

Amazonprev chama aposentados e pensionistas para recadastramento

Durante o recadastramento é necessário que o segurado apresente Identidade, CPF e comprovante de residência atualizado.

Amazonprev chama aposentados e pensionistas para recadastramento Foto: Divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A Fundação Amazonprev solicita aos aposentados e pensionistas que fizeram aniversário entre agosto e dezembro de 2017 e em janeiro de 2018 e que ainda não se recadastraram, que regularizem a situação até o dia 09 de fevereiro de 2018, caso contrário, terão seus benefícios suspensos na folha de pagamento do mês de fevereiro/2018, conforme LC N°30/2001, alterada pela Lei nº 181/2017.

 

Durante o recadastramento é necessário que o segurado apresente Identidade, CPF e comprovante de residência atualizado.

 

A Fundação informa que, conforme o art. 87-A da LC 30/2001, alterada pela LC nº 181/2017 art. 87-A §3º, o recadastramento não poderá ser feito por procuradores.

 

A lista nominal dos pendentes de recadastramento de agosto a dezembro/2017 e dos que devem efetuar a atualização cadastral em janeiro/2018 podem ser conferida no site www.amazonprev.am.gov.br link de notícias. 

 

Serviço:

 

Onde fazer: 

 

Residentes na capital: o recadastramento deve ser feito na sede da Amazonprev (Avenida Visconde de Porto Alegre, 486, Centro) de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 13h30.

 

Residentes no interior: podem atualizar os dados nas unidades da Seduc localizadas em seus municípios.

 

Residentes em outros estados: devem acessar o site www.amazonprev.am.gov.br, imprimir e preencher formulário de recadastramento, com assinatura reconhecida em cartório, enviando para o endereço da Amazonprev através dos Correios.

Sobe Catracas

EVERTY SANDRO PEREIRA, delegado de Polícia

Assumiu como novo delegado titular do 3º DIP de Parintins 

Sobe Catracas

GISELE PASCARELLI, advogada

Toma posse hoje (22) como nova desembargadora eleitoral no TRE-AM, em vaga destinada à Classe dos Advogados

Desce Catracas

CHICO DOIDO, prefeito de Iranduba

Votação da CMI que pode cassar mandato dele, por suspoto desvio de mais de R$ 4 milhões, deve acontecer nos próximos dias

Desce Catracas

APARECIDO SILVA, prefeito de Rurópolis (PA)

Justiça do Pará condenou ele a perda dos direitos políticos e a pagar multa de R$ 15 mil, por não prestar contas de convênios federais em 2009

BASTIDORES