DeAmazônia

MENU
Atualizado em 12/01/2018

Após 21 anos, Carla Vilhena pede demissão da Globo

Jornalista fez um texto de despedida explicando o motivo da sua saída e publicou em sua página pessoal, nesta sexta-feira (12)

Após 21 anos, Carla Vilhena pede demissão da Globo Jornalista Carla Vilhena

A jornalista Carla Vilhena, que atuava como repórter especial do Fantástico e apresentadora eventual do Jornal Nacional, pediu demissão da Globo nesta sexta-feira (12).
 

Vilhena, de 50 anos, deixa a Globo para se dedicar a um projeto pessoal: seu site. Em texto publicado nesta tarde, a jornalista fala sobre o novo rumo na carreira profissional e agradece aos amigos que fez na emissora em sua trajetória, que começou em 1984 e foi interrompida para passagens na Rede Manchete e Band, voltando para a Globo em 1997, onde seguiu até hoje (confira o texto, na íntegra, a seguir).

 

“Meus amigos queridos:

Há um ano e meio experimentei algo que me trouxe uma enorme satisfação: a criação de um blog, que virou um site pessoal, onde pude expor um pouco mais de quem sou e do que desejo ser. Tive que, para isso, criar redes sociais para dar suporte e divulgação ao site. Conheci um mundo completamente novo. Me surpreendi, aprendi muito –  e gostei.
Por isso este e-mail, que não é uma despedida, já que continuarei pertinho de vocês, nesse mundo tornado ervilha pela internet. Meu projeto pessoal precisa ampliar fronteiras e, enquanto for vinculada ao jornalismo, estarei impossibilitada de fazer isso.


Aproveito para compartilhar com vocês o amor que sempre me ligou à Globo, emissora onde entrei há 34 anos e que me ensinou a fazer televisão.


Vou aproveitar algumas férias acumuladas para descansar e dar esses primeiros passos na nova estrada, até o fim do contrato, dia 30 de abril.


Agradeço de coração a todos os que tornaram possível a transformação da vida daquela menina que, em 1984, entrou por uma porta no Jardim Botânico para fazer edição de imagens nas Olimpíadas de Los Angeles.


Agradeço à vida, que me deu tanto.


E agradeço a Deus, que me sustenta e ampara aonde eu for.

Com carinho,


Carla Vilhena”

 

CARLA VILHENA EXPLICA MOTIVO DE TER ADIADO LUA DE MEL EM 6 ANOS

 

Ex-mulher do também jornalista Chico Pinheiro, Carla Vilhena hoje está em outro relacionamento. Mas isso não é de hoje. Há seis anos ela disse ‘sim’ para o atual marido, Carlos Monnerat.

 

Mas apenas agora a jornalista e substituta do Jornal Nacional, que comandava em alguns sábados e nas férias de janeiro de Renata Vasconcellos, conseguiu ter a sonhada lua de mel.

 

Em rede social, ele revelou o motivo de tamanha demora para a viagem: “Quando me casei, em 2011, meu marido precisou se mudar para São Paulo. Ao fazer a admissão, o novo empregador perguntou por que ele estava vindo morar aqui. Carlos disse que iria se casar com uma moradora de São Paulo… e a primeira questão foi: ‘Mas você não vai sair de lua de mel, não é?’. Ou seja, ou tinha lua de mel, ou tinha o emprego”, escreveu.

 

Ela também contou que outro motivo que atrapalhou os planos de lua de mel foram os filhos, 3 no total, que ela teve com Chico, seu ex-marido. Hoje, os filhos são adolescentes

 

“Este ano, o ultimato! Vamos ter nossa lua de mel! Depois de muito choro e ranger de dentes (por parte das crianças, é claro), definimos um esquema de assistência familiar para poder deixá-los sozinhos em São Paulo e partimos”, disse ela.

 

No roteiro de viagem de lua de mel ocorrida no final do ano passado, ela passeou com o marido passeou pela Inglaterra, Escócia, Portugal e Alemanha, além de ter feito uma breve passagem com Carlos por Paris, capital da França.

Vilhena-Carla-e-o-marido-768x432

Carla com o marido, Carlos Monnerat, na sonhada lua de mel. Foto – reprodução.
TV FOCO

Sobe Catracas

ALVARO CAMPELO, vereador de Manaus

Foi o vereador que registrou em 2017 100% de comparecimento às sessões da Câmara

Sobe Catracas

ROMEIRO MENDONÇA, prefeito de Presidente Figueiredo

Após pressão, recuou e garantiu o aumento salarial dos professores municipais reajustado em julho/2017 pelo Governo Federal

Desce Catracas

ALEXANDRE BIANCHINI, presidente da Manaus Ambiental

São inúmeras as reclamações da má prestação de serviço no fornecimento de água em Manaus

Desce Catracas

ANTONIO PONGÓ, prefeito cassado de Caapiranga

Vice prefeito Moisés Filho denunciou Pongó a polícia por ter sacado R$ 1,8 milhão antes de deixar prefeitura  

BASTIDORES