DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/01/2018

Os piores mestrados profissionais do Brasil; um deles é da Ufam; USP na lista

41 cursos de mestrado profissional, até de renomadas universidades, foram reprovados pelo Capes

Os piores mestrados profissionais do Brasil; um deles é da Ufam; USP na lista Capes reprovou cursos de universidades como a poderosa USP

COM INFORMAÇÕES DA REVISTA EXAME e redação

São Paulo – Pouco mais de 700 programas nacionais de mestrado profissional foram avaliados pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Desses, 41 não atingiram a nota mínima exigida e, por isso, podem ser descredenciados, de acordo com a recomendação do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES).

 

Um deles é o programa de mestrado profissional em engenharia automotiva da Universidade de São Paulo (USP), que obteve conceito 1, o mais baixo possível. O curso de mestrado profissional de engenharia da produção da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) também figura da lista de mestrado que tiveram nota abaixo da média, com conceito 2.

 

 A nota máxima é 5 para os programas de mestrado profissionais e as instituições de ensino precisam obter no mínimo conceito 3 para que o reconhecimento do programa seja mantido ou para que seja possível expandir o curso.

 

Cursos oferecidos por outras instituições também renomadas como a Universidade Brasília, a Universidade Federal do Rio de Janeiro e Universidade Federal de São Paulo também estão na lista de “reprovados” pela Capes.

 

Esta é diferença entre mestrado profissional e mestrado acadêmico

Os resultados da Avaliação Quadrienal 2017 estão disponíveis no site da Capes e abrangem tanto os programas acadêmicos quanto os profissionais. As duas modalidades de pós-graduação são stricto sensu e, portanto, recebem titulação idêntica reconhecida pelo MEC.

 

A diferença é que o mestrado profissional surge para dar conta de demanda do mercado de trabalho e tem uma parcela do corpo docente formada por profissionais de destaque na área. O trabalho de conclusão de curso deve estar vinculado a questões reais na área de atuação.

 

As aulas no período noturno ou aos fins de semana permitem que alunos do mestrado profissional conciliem a obtenção do diploma com suas atividades profissionais regulares.

 

A seguir, confira apenas os programas de mestrado profissional que tiveram conceito 1 ou 2. A lista completa está disponível no site da Capes:

 

Área de Avaliação

Sigla da Insituição

| Instituição de Ensino

| Nome do Programa

| Nível

Nota

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO

UNIFESP

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

Gestão de Políticas e Organizações Públicas

Mestrado Profissional

1

ENGENHARIAS III

USP

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

ENGENHARIA AUTOMOTIVA

Mestrado Profissional

1

ENSINO

UNICHRISTUS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CHRISTUS

ENSINO EM SAÚDE

Mestrado Profissional

1

ENSINO

UNIMES

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS

PRÁTICAS DOCENTES NO ENSINO FUNDAMENTAL

Mestrado Profissional

1

INTERDISCIPLINAR

FTC

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS

BIOENERGIA

Mestrado Profissional

1

INTERDISCIPLINAR

UNIR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

Ensino em Ciências da Saúde

Mestrado Profissional

1

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO

ANDIFES

 

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM REDE NACIONAL

Mestrado Profissional

2

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO

FIPECAFI

Faculdade FIPECAFI

MESTRADO PROFISSIONAL EM CONTROLADORIA E FINANÇAS

Mestrado Profissional

2

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO

FPL

FACULDADE PEDRO LEOPOLDO

ADMINISTRAÇÃO

Mestrado Profissional

2

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO

UAM

UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI

GESTÃO EM ALIMENTOS E BEBIDAS (A&B)

Mestrado Profissional

2

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO

UNB

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

TURISMO

Mestrado Profissional

2

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

UECE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ

COMPUTAÇÃO APLICADA

Mestrado Profissional

2

CIÊNCIAS AMBIENTAIS

UFSC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

AGROECOSSISTEMAS

Mestrado Profissional

2

CIÊNCIAS AMBIENTAIS

UNB

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Mestrado Profissional

2

ENFERMAGEM

CUSC

CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO

ENFERMAGEM NO PROCESSO DE CUIDAR EM SAUDE

Mestrado Profissional

2

ENGENHARIAS II

UFRGS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

ENGENHARIA DE MINAS, METALÚRGICA E DE MATERIAIS

Mestrado Profissional

2

ENGENHARIAS III

IFSC

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA

MECATRÔNICA

Mestrado Profissional

2

ENGENHARIAS III

IFSP

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECN. DE SÃO PAULO

AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS

Mestrado Profissional

2

ENGENHARIAS III

UFAM

Universidade Federal do Amazonas

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Mestrado Profissional

2

ENGENHARIAS III

UNISOCIESC

CENTRO UNIVERSITÁRIO SOCIESC

ENGENHARIA MECÂNICA

Mestrado Profissional

2

ENGENHARIAS III

UNISOCIESC

CENTRO UNIVERSITÁRIO SOCIESC

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Mestrado Profissional

2

ENGENHARIAS III

UPE

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO

Tecnologia da Energia

Mestrado Profissional

2

ENGENHARIAS IV

IPT

INSTITUTO DE PESQ.TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

Mestrado Profissional

2

ENSINO

USS

UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

Mestrado Profissional

2

INTERDISCIPLINAR

FPT

FACULDADE PROMOVE DE TECNOLOGIA

Tecnologia da Informação aplicada à Biologia Computacional

Mestrado Profissional

2

INTERDISCIPLINAR

FSCMPA

FUNDAÇAO SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DO PARÁ

GESTÃO E SAÚDE NA AMAZÔNIA

Mestrado Profissional

2

INTERDISCIPLINAR

FVC

Faculdade Vale do Cricaré

GESTÃO SOCIAL, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Mestrado Profissional

2

INTERDISCIPLINAR

IFG

INSTIT. FEDERAL DE EDUCACÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS

Tecnologia de Processos Sustentáveis

Mestrado Profissional

2

INTERDISCIPLINAR

UFAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

Energia da Biomassa

Mestrado Profissional

2

INTERDISCIPLINAR

UNB

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

REGULAÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS

Mestrado Profissional

2

INTERDISCIPLINAR

UNIAN-SP

Universidade Anhanguera de São Paulo

Reabilitação do Equilíbrio Corporal e Inclusão Social

Mestrado Profissional

2

INTERDISCIPLINAR

UNIAN-SP

Universidade Anhanguera de São Paulo

ADOLESCENTE EM CONFLITO COM A LEI

Mestrado Profissional

2

MEDICINA I

IEPSC

INST. DE ENSINO E PESQUISA DA SANTA CASA DE BELO HORIZONTE

EDUCAÇÃO EM DIABETES

Mestrado Profissional

2

MEDICINA I

IMIP

INSTITUTO DE MEDICINA INTEGRAL PROFESSOR FERNANDO FIGUEIRA

CUIDADOS INTENSIVOS

Mestrado Profissional

2

MEDICINA I

UFES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

Medicina

Mestrado Profissional

2

MEDICINA I

UFSC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

Cuidados Intensivos e Paliativos

Mestrado Profissional

2

MEDICINA I

UNIFESP

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

TECNOLOGIAS E ATENÇÃO À SAÚDE

Mestrado Profissional

2

MEDICINA II

UFRGS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Genética Aplicada à Medicina

Mestrado Profissional

2

ODONTOLOGIA

UFES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

CLINICA ODONTOLÓGICA

Mestrado Profissional

2

ODONTOLOGIA

UNIAN-SP

Universidade Anhanguera de São Paulo

Biomateriais

Mestrado Profissional

2

PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA

INESP

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA

Desenvolvimento Regional

Mestrado Profissional

2

 

 

Sobe Catracas

ALVARO CAMPELO, vereador de Manaus

Foi o vereador que registrou em 2017 100% de comparecimento às sessões da Câmara

Sobe Catracas

ROMEIRO MENDONÇA, prefeito de Presidente Figueiredo

Após pressão, recuou e garantiu o aumento salarial dos professores municipais reajustado em julho/2017 pelo Governo Federal

Desce Catracas

ALEXANDRE BIANCHINI, presidente da Manaus Ambiental

São inúmeras as reclamações da má prestação de serviço no fornecimento de água em Manaus

Desce Catracas

ANTONIO PONGÓ, prefeito cassado de Caapiranga

Vice prefeito Moisés Filho denunciou Pongó a polícia por ter sacado R$ 1,8 milhão antes de deixar prefeitura  

BASTIDORES