DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/01/2018

Orquestra de Violões exalta repertório amazônico no primeiro concerto de 2018

Mais de 300 pessoas foram ao Teatro Amazonas para prestigiar o concerto “Regional"

Orquestra de Violões exalta repertório amazônico no primeiro concerto de 2018 Orquestra de Violões do Amazonas (OVAM) iniciar a temporada com o pé direito em 2018 - FOTO: Michael Dantas/ SEC

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Mesmo com a chuva deste domingo (7/1), mais de 350 pessoas assistiram a Orquestra de Violões do Amazonas (OVAM) iniciar a temporada com o pé direito em 2018 ao realizar o concerto “Regional”, no Teatro Amazonas. O espetáculo, realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), destacou a música amazonense com versões do grupo Raízes Caboclas, Zeca Torres, Chico da Silva e outros. O evento ainda teve a participação especial da soprano Miriam Abad.

 

“Preparamos este repertório com muito carinho para apresentar a música da nossa terra aos turistas e a todos que vieram prestigiar o concerto no Teatro. Todos os compositores são conterrâneos e falam sobre os nossos costumes e nossa cultura”, disse o maestro titular da Ovam, Davi Nunes, que regeu o concerto. 

 

O repertório iniciou com a música “Amazonas Moreno”, do grupo Raízes Caboclas, e “Porto de Lenha”, de Zeca Torres e Aldisio Filgueiras. Com interpretação da soprano Miriam Abad, o público se encantou e aplaudiu calorosamente a orquestra. Miriam, que foi soprano da Ovam de 2005 a 2014, declarou que voltar a cantar com a orquestra é sempre emocionante. 

 

“Voltar a me apresentar com este repertório exclusivamente amazônico e ver o público interagir de forma carinhosa conosco me deixou extremamente feliz. Apesar de um dia chuvoso, tivemos uma plateia receptiva que aplaudiu muito a cada final de música”, disse.  "O trabalho da Ovam é esse, trazer música popular, erudita e apresentar da melhor forma para quem vem assistir”, ressaltou a soprano.

 

Em alguns intervalos, o maestro Davi Nunes interagia com a plateia para apresentar as próximas músicas, com destaques para as canções “Linda Flor” e “Baião de Dois”, do compositor César Lima - que é integrante da Ovam, e para aquelas que representavam o boi-bumbá, como “Flor de Tucumã”, de Emerson Maia, e “Vento Norte”, de Zezinho Cardoso e Ariosto Braga. O concerto terminou com a composição de Chico da Silva, “Amazonas”. 

 

Entre o público, muitos turistas prestigiaram o concerto “Regional” da Ovam. O funcionário público Rafael Galhardo, 25, veio de Curitiba para visitar a capital amazonense e disse que foi apresentado à cultura ribeirinha por meio das músicas que ouviu neste domingo. “Você acaba conhecendo muito por meio da arte e as composições são belíssimas. Elas te fazem imaginar como deve ser a vida pelo Amazonas. Gostei muito”, comentou. 

 

Já a carioca Juliana Trajano, 28, pretende ir a mais concertos no Teatro Amazonas após ver a apresentação da Ovam. “O Teatro é belíssimo e ver um concerto que expressa tanto a regionalidade de um lugar é maravilhoso. Espero ter mais oportunidades de ver outros concertos quando visitar Manaus novamente”, disse.

Sobe Catracas

JOMAR FERNANDES, desembargador do TJAM

Passou a integrar o Conselho de Magistratura do AM representando as Câmaras Criminais do Tribunal 

Sobe Catracas

NÉLIA CAMINHA, desembargadora

Foi reconduzida ao cargo de presidente da 3ª Câmara Cível do TJAM, por aclamação, para mais dois anos, até 2020

Desce Catracas

ARAILDO CARECA, prefeito de Santa Izabel do Rio Negro

Justiça do AM bloqueou R$100 mil em bens dele, após denúncia do MP-AM, de que teria direcionado licitação de R$3 milhões para empresa de parente

Desce Catracas

ILISEU 'BAT', ex-presidente da Câmara de Coari

TCE reprovou as contas da Câmara Municipal referentes ao ano de 2016 e ele terá que devolver R$ 2,2 milhões aos cofres 

BASTIDORES